Tutorial do Excel: como colocar a fórmula no Excel

Introdução


Para quem trabalha com dados, Fórmulas do Excel são uma ferramenta essencial para realizar cálculos, organizar informações e analisar dados. Entender como Coloque fórmulas no Excel pode melhorar bastante a eficiência e a precisão em seu trabalho. Neste tutorial, forneceremos um breve visão geral da importância de usar fórmulas no Excel e depois se aprofundar em um guia passo a passo sobre como colocar fórmulas no Excel.


Takeaways -chave


  • As fórmulas do Excel são essenciais para realizar cálculos, organizar informações e analisar dados.
  • Compreender os operadores aritméticos básicos e o uso de referências celulares é crucial para o uso de fórmulas no Excel.
  • Funções comuns do Excel, como soma, média, max e min, podem aumentar bastante a eficiência do seu trabalho.
  • As fórmulas de nidificação entre si podem fornecer cálculos mais complexos e poderosos.
  • Esteja atento aos erros comuns nas fórmulas e aprenda a solucioná -las de maneira eficaz.


Entendendo fórmulas básicas


Ao trabalhar no Excel, entender as fórmulas básicas é essencial para executar cálculos e analisar dados com eficiência. As fórmulas no Excel são uma combinação de funções, operadores e referências que executam cálculos específicos. Vamos começar entendendo os operadores aritméticos básicos e depois examinar um exemplo de uma fórmula de adição simples.

A. Explicação dos operadores aritméticos básicos (+, -, *, /)

O Excel usa os operadores aritméticos padrão para realizar cálculos básicos. Esses operadores incluem:

  • + (Adição): usado para adicionar números.
  • - (Subtração): Usado para subtrair um número de outro.
  • * (Multiplicação): Usado para multiplicar números juntos.
  • / (Divisão): Usado para dividir um número por outro.

B. Exemplo de uma fórmula de adição simples


Vamos considerar um exemplo simples de uma fórmula de adição no Excel. Suponha que tenhamos um conjunto de dados com números nas células A1 e A2, e queremos adicionar esses números na célula A3. Para fazer isso, podemos usar o operador de adição (+) na barra de fórmula.

Veja como a fórmula parece:

= A1+A2

Quando entramos nessa fórmula na célula A3 e pressionamos Enter, a soma dos números nas células A1 e A2 será exibida na célula A3.

Compreender fórmulas básicas e operadores aritméticos é crucial para realizar cálculos no Excel. Depois de entender esses fundamentos, você pode começar a usar fórmulas e funções mais complexas para manipular e analisar dados de maneira eficaz.


Usando referências de células


Ao criar fórmulas no Excel, é importante entender os diferentes tipos de referências de células que podem ser usadas. As referências de células permitem que você use o valor de uma célula específica em uma fórmula, tornando suas fórmulas dinâmicas e flexíveis.

A. Explicação dos diferentes tipos de referências de células
  • Referências de células relativas:


    Este é o tipo padrão de referência de células no Excel. Quando você copia uma fórmula para outra célula, as referências da célula se ajustam com base em sua posição em relação à célula original. Por exemplo, se você possui uma fórmula que adiciona os valores de A1 e B1 e você o copie para C2, ele se ajustará automaticamente a A2 e B2.
  • Referências de células absolutas:


    As referências de células absolutas são denotadas adicionando um sinal de dólar ($) antes da referência da coluna e/ou da linha (por exemplo, $ A $ 1). Quando você copia uma fórmula com referências absolutas, as referências permanecem as mesmas, independentemente da posição da nova célula.
  • Referências de células mistas:


    As referências de células mistas têm a referência da coluna ou da linha bloqueada como absoluta, enquanto a outra parte permanece relativa. Por exemplo, o $ A1 manterá a coluna bloqueada como absoluta quando copiada, mas a linha se ajustará.

B. Exemplo de usar referências de células em uma fórmula

Digamos que você queira calcular o custo total dos itens adquiridos e você tem o preço na coluna A e a quantidade na coluna B. Você pode usar referências de células para criar uma fórmula que multiplique o preço e a quantidade para cada item e depois resume eles para cima.

Para este exemplo, a fórmula seria assim: = a1*b1

Usando referências de células, você pode atualizar facilmente os preços e quantidades no futuro sem precisar modificar a fórmula de cada vez.


Funções comuns do Excel


O Excel é uma ferramenta poderosa para realizar cálculos e análises sobre dados. Um dos principais recursos que torna o Excel tão útil é sua capacidade de usar funções para executar cálculos. Neste tutorial, abordaremos algumas das funções mais comuns usadas no Excel e demonstraremos como usá -las nas fórmulas.

Visão geral das funções comuns (soma, média, max, min)


O Excel possui uma ampla gama de funções que podem ser usadas para executar vários cálculos nos dados. Algumas das funções mais usadas incluem:

  • SOMA: Esta função é usada para adicionar uma variedade de células.
  • MÉDIA: Esta função calcula a média de uma faixa de células.
  • Max: A função Max retorna o maior valor em um conjunto de valores.
  • Min: A função Min, por outro lado, retorna o menor valor em um conjunto de valores.

Demonstração do uso de funções em fórmulas


Depois de familiarizar -se com essas funções comuns, você pode começar a usá -las em fórmulas para executar cálculos em seus dados. Aqui está uma demonstração simples de usar a função de soma em uma fórmula:

Digamos que você tenha uma variedade de células (A1: A5) contendo alguns números e deseja calcular a soma desses números. Para fazer isso, você pode usar a seguinte fórmula:

= Soma (A1: A5)

Quando você insere essa fórmula em uma célula no Excel e pressiona Enter, a soma dos números nas células A1 a A5 será calculada e exibida na célula onde você entrou na fórmula.

Da mesma forma, você pode usar as funções médias, max e min em fórmulas para executar diferentes tipos de cálculos em seus dados.


Fórmulas de nidificação


Ao trabalhar no Excel, é comum usar várias fórmulas entre si para calcular resultados mais complexos e específicos. Esse processo é conhecido como fórmulas de nidificação.

Explicação das fórmulas de nidificação dentro uma da outra


As fórmulas de nidificação envolvem a inserção de uma fórmula dentro de outra para realizar vários cálculos em uma única célula. Isso permite cálculos mais complexos e específicos sem a necessidade de células ou colunas adicionais.

Por exemplo, você pode nidificar um SOMA fórmula dentro de um MÉDIA Fórmula para calcular a média de um intervalo de células, excluindo certos valores. Isso pode ser especialmente útil ao trabalhar com grandes conjuntos de dados e precisar executar vários cálculos simultaneamente.

Exemplo de uma fórmula aninhada


Digamos que você tenha um conjunto de dados de números de vendas, mas deseja calcular a média das 10 principais vendas. Você pode conseguir isso aninhando o MÉDIA e GRANDE fórmulas.

  • Primeiro, use o GRANDE Fórmula para identificar os 10 principais valores de vendas dentro do intervalo.
  • Então, aninhe o GRANDE fórmula dentro do MÉDIA Fórmula para calcular a média desses 10 principais valores.

Ao aninhar essas fórmulas, você pode calcular com rapidez e precisão o resultado específico necessário sem a necessidade de cálculos adicionais ou classificação manual dos dados.


Verificação de erros


Ao trabalhar com fórmulas no Excel, é importante estar ciente de erros comuns que podem ocorrer e como solucioná -las. Compreender os tipos de erros e como corrigi -los pode ajudá -lo a criar planilhas precisas e confiáveis.

A. Visão geral dos erros comuns em fórmulas
  • #Div/0!: Este erro ocorre quando uma fórmula tenta dividir um número por zero. Indica que o resultado é indefinido.
  • #VALOR!: Este erro ocorre quando uma fórmula faz referência às células que contêm diferentes tipos de dados, como texto e números, que não podem ser combinados.
  • #Ref!: Este erro ocorre quando uma fórmula faz referência a uma célula que foi excluída ou movida, resultando em uma referência quebrada.

B. Dicas para solucionar erros de fórmula
  • Use o recurso de verificação de erros: O Excel possui um recurso interno que pode ajudar a identificar e corrigir erros nas fórmulas. Ele pode ser acessado na guia Fórmulas na faixa de opções.
  • Verifique as referências da célula: Certifique -se de que as referências de células em suas fórmulas sejam precisas e ainda existam na planilha. Se uma célula referenciada foi excluída ou movida, pode causar um #Ref! erro.
  • Verifique os tipos de dados duas vezes: Verifique se os tipos de dados das células usados ​​na fórmula são compatíveis. Misturar texto e números em um cálculo podem resultar em um #Value! erro.
  • Use parênteses para fórmulas complexas: Ao trabalhar com fórmulas complexas que envolvem várias operações, o uso de parênteses pode ajudar a esclarecer a ordem das operações e reduzir a probabilidade de erros.


Conclusão


Para concluir, As fórmulas são uma ferramenta essencial no Excel Isso pode otimizar seu trabalho e economizar tempo. Usando fórmulas, você pode executar cálculos complexos e analisar dados com facilidade, tornando suas planilhas mais precisas e eficientes.

Nós o encorajamos a Continue praticando e explorando fórmulas do Excel para se tornar mais proficiente em usá -los. Quanto mais você se familiariza com os diferentes tipos de fórmulas e suas funções, mais adepto você se tornará utilizando o Excel ao seu potencial máximo. Feliz fórmula tritura!

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles