Tutorial do Excel: Como plotar o gráfico de dispersão no Excel

Introdução


Bem vindo ao nosso Tutorial do Excel sobre como plotar um gráfico de dispersão no Excel. Os gráficos de dispersão são uma ferramenta essencial para visualizando dados Relacionamentos e padrões, tornando -os um ativo valioso para qualquer usuário do Excel. Neste tutorial, o guiaremos através do processo de criação Espalhe gráficos no Excel, demonstrando a importância e os benefícios desse método de visualização de dados.


Takeaways -chave


  • Os gráficos de dispersão são essenciais para visualizar relacionamentos e padrões de dados no Excel.
  • Compreender o tipo de dados adequado para plotar um gráfico de dispersão é crucial para a visualização precisa.
  • Selecionar o intervalo de dados correto é importante para criar um gráfico de dispersão preciso no Excel.
  • Adicionar rótulos e títulos ao gráfico de dispersão é significativo para uma interpretação clara dos dados.
  • A interpretação dos gráficos de dispersão pode levar a desenhar informações significativas para uma melhor análise de dados no Excel.


Compreender os dados


Quando se trata de plotar um gráfico de dispersão no Excel, é essencial entender o tipo de dados adequado para esse tipo de visualização. Além disso, entender as variáveis ​​envolvidas na criação de um gráfico de dispersão é crucial para uma representação precisa.

A. Discuta o tipo de dados adequado para plotar um gráfico de dispersão
  • Dados quantitativos: os gráficos de dispersão são mais adequados para visualizar dois conjuntos de dados quantitativos, como variáveis ​​numéricas. Isso pode incluir pontos de dados, como idade e renda, temperatura e vendas ou tempo e distância.

  • Correlação: as parcelas de dispersão são úteis para identificar relacionamentos e correlações entre duas variáveis. Eles podem ajudar a determinar se existe um padrão, tendência ou correlação entre os dois conjuntos de pontos de dados.


B. Explique as variáveis ​​envolvidas na criação de um gráfico de dispersão
  • Variável independente (eixo x): Esta é a variável controlada ou manipulada pelo pesquisador. Geralmente é plotado no eixo horizontal.

  • Variável dependente (eixo y): esta é a variável que está sendo medida ou testada em um experimento. Geralmente é plotado no eixo vertical.

  • Pontos de dados: Cada ponto de dados representa uma combinação única de valores para as variáveis ​​independentes e dependentes. Esses pontos são plotados no gráfico para visualizar a relação entre as variáveis.



Selecionando os dados


Ao criar um gráfico de dispersão no Excel, a seleção dos dados corretos é crucial para uma visualização precisa e significativa. Veja como selecionar corretamente os dados para um gráfico de dispersão:

A. Forneça instruções passo a passo sobre como selecionar os dados para o gráfico de dispersão
  • Abra sua planilha do Excel e localize os dados que você deseja usar para o gráfico de dispersão.
  • Clique e arraste o mouse para selecionar toda a gama de pontos de dados que você deseja incluir no gráfico.
  • Certifique-se de incluir os pontos de dados do eixo x e do y em sua seleção.
  • Depois de selecionar os dados, vá para a guia "Inserir" e clique em "Insira a dispersão (x, y) ou o gráfico de bolhas".
  • Escolha a opção de gráfico de dispersão que melhor atenda às suas necessidades de visualização de dados.

B. Explique a importância de escolher o intervalo de dados correto para visualização precisa

Escolher o intervalo de dados correto é importante por vários motivos. Primeiro, garante que você esteja representando com precisão o relacionamento entre as variáveis ​​no eixo x e no eixo y. A seleção de um intervalo incorreto pode levar a uma visualização distorcida que não representa com precisão os dados. Além disso, a escolha do intervalo de dados correta é essencial para interpretar o gráfico corretamente e tomar decisões informadas com base nos dados.


Criando o gráfico de dispersão


Quando se trata de visualizar dados no Excel, os gráficos de dispersão são uma ferramenta poderosa para exibir o relacionamento entre dois conjuntos de dados. Aqui está um guia sobre como criar um gráfico de dispersão no Excel e algumas dicas para personalizar sua aparência.

A. Guia sobre como inserir um gráfico de dispersão no Excel
  • Selecione seus dados:


    A primeira etapa na criação de um gráfico de dispersão é selecionar os dados que você deseja plotar. Isso normalmente envolve a escolha de duas colunas de dados, uma para o eixo x e outro para o eixo y.
  • Insira o gráfico:


    Depois de selecionar seus dados, vá para a guia "Inserir" na fita do Excel e clique na opção de gráfico "dispersão". Escolha o tipo de gráfico de dispersão que melhor se ajusta aos seus dados, como um gráfico de dispersão básico ou um gráfico de dispersão com linhas ou marcadores suaves.
  • Personalize o eixo:


    Depois de inserir o gráfico de dispersão, você pode personalizar a aparência dos eixos x e y clicando com o botão direito do mouse e selecionando "eixo de formato". Isso permite que você ajuste a escala, os rótulos e outras propriedades dos eixos para representar melhor seus dados.

B. Forneça dicas sobre a personalização da aparência do gráfico de dispersão
  • Mude o estilo de marcador:


    O Excel permite que você altere a aparência dos marcadores em seu gráfico de dispersão, como tamanho, forma e cor. Isso pode ser útil para destacar pontos de dados específicos ou adicionar interesse visual ao gráfico.
  • Adicione uma linha de tendência:


    Para visualizar melhor o relacionamento entre seus dados, você pode adicionar uma linha de tendência ao seu gráfico de dispersão. Essa linha pode ajudá -lo a identificar quaisquer padrões ou tendências nos dados e fazer previsões com base nos pontos plotados.
  • Ajuste o layout do gráfico:


    O Excel fornece uma gama de opções para personalizar o layout geral do seu gráfico de dispersão, incluindo a adição de um título, etiquetas de eixo e uma lenda. Esses elementos podem melhorar a legibilidade e a clareza do seu gráfico.


Adicionando rótulos e títulos


Ao criar um gráfico de dispersão no Excel, é importante adicionar rótulos de eixo e um título ao gráfico para torná -lo mais abrangente e compreensível para o público.

Demonstre como adicionar rótulos de eixo e um título ao gráfico de dispersão


1. Selecione o gráfico de dispersão na planilha do Excel.

2. Vá para o menu "Ferramentas do gráfico" e clique em "Layout".

3. Clique em "Títulos do Eixo" e escolha "Título do Eixo Horizontal Primário" para adicionar uma etiqueta ao eixo x e "Título do Eixo Vertical Primário" para adicionar uma etiqueta ao eixo Y.

4. Digite os rótulos do eixo nas caixas de texto fornecidas.

5. Para adicionar um título ao gráfico de dispersão, clique em "Título do gráfico" e escolha "Chart acima" ou "título de sobreposição centrada".

6. Digite o título do gráfico de dispersão na caixa de texto fornecida.

Explique o significado da rotulagem para uma interpretação clara do gráfico


Rótulos e títulos são cruciais para melhorar a compreensão do gráfico de dispersão. Eles fornecem contexto aos dados representados no gráfico, facilitando o público para interpretar os pontos plotados. Sem os rótulos do eixo, o público pode não saber o que os eixos X e Y representam, dificultando o gráfico. Além disso, um título fornece uma indicação clara do objetivo ou do assunto do gráfico de dispersão, orientando o público sobre o que se concentrar e interpretar.


Analisando o gráfico de dispersão


Quando se trata de analisar um gráfico de dispersão, é importante entender como interpretar os dados para obter informações significativas. Ao examinar os padrões e os relacionamentos exibidos no gráfico, você pode obter informações valiosas e tomar decisões informadas.

Discuta como interpretar o gráfico de dispersão para desenhar insights significativos


Um aspecto -chave a considerar ao interpretar um gráfico de dispersão é a direção da relação entre as duas variáveis. Se os pontos no gráfico geralmente se moverem da parte inferior esquerda para o canto superior direito, ele indica uma relação positiva. Por outro lado, se os pontos se moverem do canto superior esquerdo para o canto inferior direito, sugere um relacionamento negativo. Além disso, a propagação dos pontos ao redor da linha de tendência pode fornecer informações sobre a força do relacionamento.

Forneça exemplos de padrões diferentes que podem aparecer em um gráfico de dispersão


Existem vários padrões que podem aparecer em um gráfico de dispersão, cada um indicando um tipo diferente de relação entre as variáveis. Por exemplo, um padrão linear em que os pontos formam uma linha reta sugere uma forte correlação entre as variáveis. Por outro lado, um padrão curvo pode indicar um relacionamento não linear. Além disso, clusters de pontos ou ausência de um padrão claro também podem fornecer informações valiosas sobre os dados.


Conclusão


Em conclusão, este tutorial abordou as principais etapas para criar um gráfico de dispersão no Excel. Discutimos como selecionar os dados, inserir o gráfico e personalizá -los para melhor visualizar os dados. Usando Recurso do gráfico de dispersão do Excel pode melhorar bastante sua análise e apresentação de dados.

  • Lembre-se de selecionar os dados corretos para o seu eixo x e y
  • Use as ferramentas do gráfico para personalizar seu gráfico para torná -lo claro e visualmente atraente

Agora que você aprendeu a criar um gráfico de dispersão, eu encorajo você a Pratique usando este recurso com conjuntos de dados diferentes. Quanto mais você praticar, mais proficiente você se tornará na criação e interpretação de gráficos de dispersão para melhor análise e visualização de dados.

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles