Tutorial do Excel: como fazer plotagem de dispersão no Excel

Introdução


Você está procurando visualizar o relacionamento entre duas variáveis ​​em seu conjunto de dados? Não procure mais do que plotagens de dispersão! Neste tutorial do Excel, o guiaremos através do processo de criação de um gráfico de dispersão com facilidade. Mas primeiro, vamos começar com o básico. A Plotagem de dispersão é um tipo de visualização de dados que exibe valores para duas variáveis ​​diferentes como pontos em um gráfico. É uma ferramenta inestimável em análise de dados, permitindo identificar padrões, tendências e correlações dentro do seu conjunto de dados. Seja você um estudante, um pesquisador ou um profissional de negócios, saber como criar e interpretar um enredo de dispersão no Excel pode ser um divisor de águas para sua análise.


Takeaways -chave


  • Gráficos de dispersão são uma ferramenta valiosa para visualizar o relacionamento entre duas variáveis ​​em um conjunto de dados
  • Criar parcelas de dispersão no Excel pode ajudar na identificação de padrões, tendências e correlações dentro dos dados
  • A organização e acessibilidade adequada dos dados são cruciais para criar um enredo de dispersão eficaz
  • A personalização do gráfico de dispersão com títulos, rótulos e estilos pode aprimorar a visualização e análise dos dados
  • Prática regular na criação e interpretação de gráficos de dispersão no Excel pode melhorar as habilidades de análise de dados


Etapa 1: coleta de dados


Antes de criar um gráfico de dispersão no Excel, é importante reunir os dados necessários e garantir que ele esteja bem organizado. Aqui estão os principais pontos a serem considerados:

A. Identificando as variáveis ​​para o gráfico de dispersão

Primeiro, você precisa identificar as variáveis ​​que deseja traçar no gráfico de dispersão. Essas variáveis ​​devem ser numéricas e mensuráveis, como receita de vendas e gastos com publicidade ou vendas de temperatura e sorvete. É importante selecionar variáveis ​​que você acredita que possa ter um relacionamento entre si, pois as parcelas de dispersão são usadas para analisar a correlação entre duas variáveis.

B. Garantir que os dados sejam organizados e facilmente acessíveis

Em seguida, é essencial garantir que os dados sejam bem organizados e facilmente acessíveis. Isso pode envolver a coleta dos dados de várias fontes e a entrada em um formato de planilha, como o Excel. Cada variável deve ser listada em uma coluna separada, com cada linha representando um ponto de dados diferente. Isso facilitará a criação do gráfico de dispersão e analisará os dados de maneira eficaz.


Etapa 2: Abrindo o Excel e a entrada de dados


Antes que possamos criar um gráfico de dispersão no Excel, precisamos abrir o programa e inserir nossos dados em uma nova pasta de trabalho. Vamos passar por esse processo juntos.

A. Acessando o Excel e criando uma nova pasta de trabalho

O primeiro passo é abrir o Microsoft Excel no seu computador. Depois de abrir o programa, você pode criar uma nova pasta de trabalho clicando em "Arquivo" no canto superior esquerdo e selecionando "Novo" e "Pasta de Trabalho em Blank".

B. inserindo os dados coletados na planilha do Excel

Depois de criar uma nova pasta de trabalho, é hora de inserir os dados que você reuniu para o gráfico de dispersão. Você pode começar inserindo a variável independente (eixo x) em uma coluna e a variável dependente (eixo y) em outra coluna. Certifique -se de rotular as colunas com os títulos apropriados para maior clareza.


Etapa 3: Criando o gráfico de dispersão


Depois de selecionar os dados a serem usados ​​para o gráfico de dispersão, a próxima etapa é inserir o gráfico de dispersão na planilha do Excel.

A. Selecionando os dados a serem usados ​​para o gráfico de dispersão
  • Selecione o intervalo de dados:


    Antes de criar o gráfico de dispersão, você precisa selecionar os dados que deseja incluir no gráfico. Isso normalmente envolve a seleção de duas colunas de dados-uma para os valores do eixo x e outro para os valores do eixo y.
  • Clique na guia "Inserir":


    Depois que o intervalo de dados for selecionado, navegue até a guia "Inserir" no menu do Excel.
  • Escolha "dispersão" nas opções do gráfico:


    Na guia "Inserir", selecione o tipo de gráfico "dispersão" para criar um gráfico de dispersão.

B. Inserindo o gráfico de dispersão na planilha do Excel
  • Insira o gráfico:


    Depois de escolher o tipo de gráfico "dispersão", clique nele para inserir o gráfico de dispersão na planilha do Excel.
  • Edite o gráfico:


    Depois que o gráfico de dispersão for inserido, você poderá personalizá -lo adicionando títulos, ajustando os rótulos do eixo ou alterando o estilo do gráfico para torná -lo mais visualmente atraente e mais fácil de interpretar.

Seguindo essas etapas, você pode criar facilmente um gráfico de dispersão no Excel para visualizar o relacionamento entre dois conjuntos de dados.


Etapa 4: Personalizando o gráfico de dispersão


Depois de criar seu gráfico de dispersão, você pode personalizá -lo para torná -lo mais visualmente atraente e fácil de entender.

A. Adicionando títulos e etiquetas ao enredo
  • Título:


    Para adicionar um título ao seu gráfico de dispersão, clique na opção de título do gráfico na guia Layout e escolha onde deseja que o título seja colocado (por exemplo, acima do gráfico). Digite o título desejado na caixa de texto fornecida.
  • Etiquetas de eixo:


    Para rotular o eixo x e o eixo y, clique na opção Elementos do gráfico na guia Layout e selecione os títulos do eixo. Você pode personalizar os rótulos digitando as caixas de texto fornecidas.

B. Mudando o estilo e a cor dos pontos de dados
  • Data Point Style:


    Para alterar o estilo dos pontos de dados, clique com o botão direito do mouse em qualquer ponto de dados no gráfico e selecione Série de dados do formato. No painel da série de dados do formato, você pode escolher diferentes opções para a aparência dos pontos de dados, como forma, tamanho e borda.
  • Data Point Color:


    Para alterar a cor dos pontos de dados, siga as mesmas etapas acima e navegue até a guia Fill & Line no painel da série de dados do formato. A partir daí, você pode selecionar uma nova cor para os pontos de dados.


Etapa 5: Analisando o gráfico de dispersão


Depois de criar seu gráfico de dispersão no Excel, é hora de analisar os dados e obter informações do relacionamento entre as variáveis.

A. Interpretando a relação entre as variáveis

Ao analisar um gráfico de dispersão, é importante observar o padrão geral dos pontos de dados. Os pontos estão agrupados em uma área específica ou formam uma linha de tendência clara? Isso pode ajudá -lo a entender a relação entre as variáveis ​​e se há uma correlação positiva, negativa ou não entre elas.

B. Identificando quaisquer padrões ou tendências nos dados

Dê uma olhada mais de perto no gráfico de dispersão para identificar quaisquer padrões ou tendências nos dados. Existem outliers que se desviam do padrão geral? Existem grupos de pontos de dados que sugerem um agrupamento ou categoria específicos? A identificação desses padrões pode fornecer informações valiosas sobre o comportamento das variáveis ​​e ajudar a informar suas decisões ou análises adicionais.


Conclusão


Gotões de dispersão são uma ferramenta crucial na análise de dados, permitindo visualizar e identificar padrões e relacionamentos entre variáveis. Dominando a arte de criar lotes de dispersão no Excel, Você pode aprimorar suas habilidades de análise de dados e tomar decisões mais informadas com base em suas descobertas. Convido você a praticar a criação de gráficos de dispersão usando seus próprios dados para obter uma compreensão mais profunda dos relacionamentos dentro de seus conjuntos de dados. Quanto mais você pratica, mais confiante se tornará usando essa ferramenta valiosa para análise de dados.

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles