Tutorial do Excel: como fazer o plotagem de dispersão Excel

Introdução


Quando se trata de visualizar e analisar dados, plotagens de dispersão desempenham um papel crucial na identificação de relacionamentos e padrões. Com a ajuda de Excel, você pode criar facilmente Gráficos de dispersão eficazes Para entender melhor a correlação entre duas variáveis. Neste tutorial, o guiaremos no processo de fazer um gráfico de dispersão no Excel, ajudando você a aproveitar o poder da visualização de dados para a tomada de decisão informada.


Takeaways -chave


  • As parcelas de dispersão são essenciais para identificar relacionamentos e padrões na análise de dados.
  • O Excel pode ser usado para criar facilmente gráficos de dispersão eficazes para visualização de dados.
  • Compreender o objetivo das parcelas de dispersão e os tipos de dados que eles representam melhor é crucial para uma análise eficaz.
  • Organizar e preparar adequadamente os dados é essencial para criar gráficos de dispersão precisos no Excel.
  • A interpretação de gráficos de dispersão e a compreensão do significado dos outliers é importante para a tomada de decisão informada com base na análise de dados.


Compreensão de parcelas de dispersão


A. Defina o que é uma trama de dispersão e seu propósito

Um gráfico de dispersão é uma representação visual dos pontos de dados em um gráfico. É usado para mostrar como uma variável é afetada por outra e para examinar a relação entre dois conjuntos de dados. O objetivo de um gráfico de dispersão é identificar padrões e relações entre variáveis ​​e determinar se há uma correlação entre eles.

B. Explique os tipos de dados que são melhor representados usando gráficos de dispersão


  • As parcelas de dispersão são mais adequadas para demonstrar a correlação entre duas variáveis ​​contínuas, como altura e peso, idade e renda ou temperatura e vendas.
  • Eles também são úteis para identificar outliers e tendências dentro dos dados.

C. Discuta os benefícios do uso de gráficos de dispersão para visualizar relacionamentos de dados


O uso de gráficos de dispersão pode fornecer vários benefícios, incluindo:

  • Visualizando a relação entre duas variáveis ​​de maneira clara e concisa.
  • Identificando padrões ou tendências dentro dos dados que podem não ser imediatamente aparentes, olhando apenas os números.
  • Determinando a força e a direção da relação entre as variáveis, seja positiva, negativa ou neutra.
  • Spoting potenciais outliers ou anomalias no conjunto de dados.


Preparando dados para gráficos de dispersão no Excel


Antes de criar um gráfico de dispersão no Excel, é importante preparar adequadamente os dados que serão usados. Siga estas etapas para garantir que seus dados sejam organizados e formatados corretamente para um gráfico de dispersão bem -sucedido.

A. Organize os dados que serão usados ​​no gráfico de dispersão

Antes de criar um gráfico de dispersão, é essencial organizar os dados que serão usados. Isso pode envolver a seleção dos pontos de dados específicos ou variáveis ​​que você deseja incluir no gráfico de dispersão. Verifique se os dados são relevantes para a análise que você deseja executar.

B. Verifique se os dados estão devidamente rotulados e organizados em colunas

Depois que os dados são selecionados, é importante garantir que sejam devidamente rotulados e organizados em colunas na planilha do Excel. Cada coluna deve representar uma variável ou ponto de dados diferente, e os rótulos devem ser claros e descritivos.

C. Limpe quaisquer dados desnecessários ou problemas de formatação

Antes de criar o gráfico de dispersão, reserve um tempo para limpar quaisquer dados desnecessários ou problemas de formatação na planilha do Excel. Isso pode envolver a remoção de espaços extras, garantindo que todos os dados estejam no formato correto e verificando quaisquer erros ou inconsistências nos dados.


Criando uma trama de dispersão no Excel


Quando se trata de visualizar os relacionamentos de dados, um gráfico de dispersão pode ser uma ferramenta poderosa. No Excel, a criação de um gráfico de dispersão é um processo direto que permite analisar e mostrar seus dados de maneira clara e organizada.

Aqui está um guia passo a passo sobre como fazer uma trama de dispersão no Excel:

A. Abra o Excel e selecione os dados a serem usados ​​no gráfico de dispersão


Antes de criar um gráfico de dispersão, você precisa ter os dados que deseja representar no gráfico. Abra o Excel e navegue até a folha que contém os dados que você deseja visualizar. Selecione o intervalo de dados que você deseja incluir no gráfico de dispersão.

B. Escolha a guia "Inserir" e selecione "dispersão" nas opções do gráfico


Depois de selecionar seus dados, vá para a guia "Inserir" na parte superior da janela do Excel. Na seção "Gráficos", clique na opção "dispersão". Isso gerará um gráfico de dispersão básico usando os dados selecionados. Você também pode escolher diferentes subtipos de gráficos de dispersão, como espalhar apenas linhas suaves ou marcadores, dependendo da sua preferência.

C. Personalize a aparência e os rótulos do gráfico de dispersão, conforme necessário


Depois de criar o gráfico de dispersão básico, você pode personalizar sua aparência e adicionar rótulos para torná -lo mais informativo e visualmente atraente. Você pode ajustar o título do gráfico, os títulos do eixo e os rótulos da série de dados clicando nos elementos e editando -os diretamente no gráfico. Além disso, você pode alterar as cores, marcadores e estilos dos pontos de dados para representar melhor seus dados.

Depois de concluir essas etapas, você terá um gráfico de dispersão totalmente personalizado que representa efetivamente os relacionamentos dentro de seus dados. As opções de personalização de gráficos do Excel permitem criar um gráfico de dispersão de aparência profissional que comunique efetivamente suas informações de dados.


Adicionando linhas de tendência e etiquetas de dados


Ao criar um gráfico de dispersão no Excel, é importante não apenas visualizar o relacionamento entre duas variáveis, mas também comunicar efetivamente os padrões e tendências dentro dos dados. Uma maneira de aprimorar o gráfico de dispersão é adicionar linhas de tendência e etiquetas de dados.

A. Explique o objetivo das linhas de tendência e como adicioná -las ao enredo de dispersão

As linhas de tendência são usadas para mostrar a direção geral da relação entre as variáveis ​​plotadas no gráfico de dispersão. Eles podem ajudar a identificar padrões e possíveis correlações dentro dos dados. Para adicionar uma linha de tendência a um gráfico de dispersão no Excel, basta clicar com o botão direito do mouse em um ponto de dados, selecione "Adicione a TrendLine" e escolha o tipo de linha de tendência que melhor se encaixa nos dados, como linear, exponencial ou logarítmico.

B. Discuta a importância das etiquetas de dados e como incluí -las no enredo de dispersão

Os rótulos de dados fornecem informações adicionais sobre pontos de dados específicos no gráfico de dispersão, como os valores exatos ou os nomes dos pontos. A inclusão de rótulos de dados pode facilitar o público para interpretar o gráfico e entender o significado de pontos de dados individuais. Para adicionar rótulos de dados a um gráfico de dispersão no Excel, basta clicar com o botão direito do mouse em um ponto de dados, selecione "Adicionar rótulos de dados" e escolha a opção de etiqueta apropriada, como valor ou nome de categoria.

C. Forneça dicas para usar efetivamente linhas de tendência e etiquetas de dados para aprimorar o gráfico de dispersão
  • Escolha o tipo de linha de tendência apropriada: considere a natureza dos dados e escolha um tipo de linha de tendência que melhor represente a relação entre as variáveis.

  • Personalize os rótulos de dados: personalize a aparência e o formato dos rótulos de dados para torná -los visualmente atraentes e fáceis de ler.

  • Use linhas de tendência e etiquetas de dados com moderação: evite desordenando o gráfico de dispersão com muitas linhas de tendência ou etiquetas de dados, pois pode dificultar a interpretação do gráfico.

  • Forneça explicações claras: Ao apresentar o gráfico de dispersão com linhas de tendência e etiquetas de dados, forneça explicações claras do que elas representam e como elas contribuem para a compreensão dos dados.



Interpretando a trama da dispersão


Depois de criar um gráfico de dispersão no Excel, é importante entender como interpretar os padrões e correlações apresentados no gráfico. Aqui estão alguns pontos -chave a serem considerados ao analisar um gráfico de dispersão.

A. Analise os padrões e correlações mostradas no gráfico de dispersão
  • Identifique tendências: Procure tendências ou padrões visíveis nos pontos de dados. Os pontos estão principalmente agrupados ou espalhados? Existe uma inclinação perceptível na trama de dispersão?
  • Avalie a direção do relacionamento: Determine se a relação entre as variáveis ​​é positiva, negativa ou neutra com base na direção do gráfico de dispersão.
  • Examine a força do relacionamento: Considere a dispersão dos pontos de dados em torno da linha de tendência para avaliar o quão forte é o relacionamento entre as variáveis.

B. Explique como interpretar a relação entre as variáveis ​​representadas no enredo da dispersão
  • Relação positiva: Se os pontos de dados no gráfico de dispersão mostrarem uma tendência ascendente, indica uma relação positiva entre as variáveis. À medida que uma variável aumenta, a outra variável também tende a aumentar.
  • Relacionamento negativo: Por outro lado, uma tendência descendente no gráfico de dispersão significa uma relação negativa entre as variáveis. À medida que uma variável aumenta, a outra variável tende a diminuir.
  • Relacionamento neutro: Se os pontos de dados estiverem espalhados sem tendência aparente, sugere uma relação neutra ou nenhuma relação entre as variáveis.

C. Discuta o significado dos outliers e quaisquer padrões inesperados nos dados
  • Identifique valores extremos: Procure quaisquer pontos de dados que se desviem significativamente do padrão geral do gráfico de dispersão. Esses outliers podem indicar anomalias ou erros nos dados.
  • Considere padrões inesperados: Se o gráfico de dispersão revelar padrões ou aglomerados inesperados de pontos de dados, poderá justificar uma investigação adicional para entender as razões subjacentes a esses padrões.
  • Avalie o impacto dos outliers: Avalie o impacto dos outliers na interpretação geral do gráfico de dispersão. Determine se eles afetam significativamente a relação observada entre as variáveis.

A interpretação de um gráfico de dispersão no Excel envolve uma análise cuidadosa dos padrões, relacionamentos e anomalias exibidas. Ao entender esses aspectos -chave, você pode obter informações valiosas dos dados representados no gráfico de dispersão.


Conclusão


Criando uma trama de dispersão no Excel é um processo direto que envolve a seleção de seus dados, a inserção de um gráfico e a escolha de uma opção de plotagem de dispersão. Lembre -se de rotular seus eixos e adicione um título para facilitar a compreensão da sua trama de dispersão e visualmente.

Usando Gráficos de dispersão para análise de dados é essencial para identificar as relações entre variáveis ​​e entender os padrões em seus dados. Ele permite identificar tendências, clusters e outliers, fornecendo informações valiosas para a tomada de decisões e a solução de problemas.

Nós o encorajamos a Pratique a criação de parcelas de dispersão no Excel Para aprimorar suas habilidades de visualização de dados. Quanto mais você trabalha com gráficos de dispersão, mais confortável e proficiente você se tornará na interpretação e comunicação de dados de maneira eficaz. Então, enrole as mangas e comece a conspirar!

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles