Tutorial do Excel: como fazer o Excel Pivot Table

Introdução


As tabelas de pivô do Excel são uma ferramenta poderosa para analisar e resumir grandes quantidades de dados com apenas alguns cliques. Eles permitem que você resumir, analisar, explorar e apresentar seus dados de maneira significativa. Neste tutorial, abordaremos o básico da criação e uso de tabelas dinâmicas no Excel, incluindo como configurá -las, manipular os dados e personalizar os resultados para atender às suas necessidades.


Takeaways -chave


  • As tabelas de pivô do Excel são uma ferramenta poderosa para resumir e analisar grandes quantidades de dados com facilidade.
  • Eles permitem exploração e apresentação de dados de maneira significativa.
  • Criar e personalizar tabelas de articulação envolve a seleção, organização e manipulação de campos de dados.
  • O gerenciamento dos dados da tabela pivô envolve atualizar, atualizar e alterar as fontes de dados, conforme necessário.
  • O uso eficaz de tabelas de articulação inclui a utilização de fatores, gráficos de articulação, campos calculados e evitar erros comuns.


Entendendo as tabelas de articulação


A. Definição de tabelas de articulação

As tabelas de articulação são uma ferramenta poderosa no Excel que permite que os usuários resumissem e analisem grandes quantidades de dados de maneira dinâmica e interativa. Eles permitem que os usuários reorganizem e manipulem dados para obter informações valiosas e tomar decisões informadas.

B. Explicação dos benefícios do uso de tabelas dinâmicas no Excel

  • Organização: As tabelas de pivô ajudam a organizar e apresentar dados em um formato estruturado, facilitando a compreensão.
  • Capacidades analíticas: Eles fornecem a capacidade de realizar análises de dados complexas, como identificar tendências, padrões e outliers.
  • Flexibilidade: As tabelas de pivô oferecem flexibilidade na personalização da maneira como os dados são apresentados e analisados, permitindo que os usuários se adaptem rapidamente às mudanças nos requisitos.
  • Economia de tempo: Eles podem reduzir significativamente o tempo gasto na análise e relatório de dados, automatizando o processo de resumo e visualização de dados.

C. Requisitos básicos para criar tabelas dinâmicas

Antes de criar tabelas dinâmicas no Excel, é essencial garantir que os dados sejam organizados em um formato tabular, com cada coluna representando uma variável exclusiva e cada linha contendo um registro ou observação específica. Além disso, os dados devem estar limpos, sem linhas ou colunas em branco e livres de quaisquer inconsistências ou erros.

Os usuários também devem ter uma compreensão clara do conjunto de dados com o qual estão trabalhando e conhecer as idéias ou análises específicas que desejam ganhar com a tabela dinâmica.


Guia passo a passo para criar tabelas dinâmicas


As tabelas de pivô do Excel são uma ferramenta poderosa para resumir e analisar grandes quantidades de dados. Este guia passo a passo o levará ao processo de criação de uma tabela de pivô no Excel.

A. abrir excel e selecionar os dados a serem usados
  • Open Excel:


    Comece abrindo o Microsoft Excel no seu computador.
  • Selecione dados:


    Escolha o conjunto de dados que você deseja usar para criar a tabela Pivot. Esses dados devem ser organizados em colunas com cabeçalhos para cada categoria.

B. Inserindo uma tabela de articulação
  • Insira a tabela de pivô:


    Vá para a guia "Inserir" e clique em "Pivottable" no grupo "Tabelas".
  • Selecione Faixa de dados:


    Na caixa de diálogo "Criar dinâmico", verifique se a opção "Selecionar uma tabela ou intervalo" está selecionada e que o intervalo correto seja inserido no campo "Tabela/intervalo".

C. Organizar os campos de dados na tabela de articulação
  • Adicionar campos:


    Arraste e solte os campos relevantes da "Lista de campo dinâmica" para as áreas rotuladas como "colunas", "colunas", "valores" e "filtros" para organizar os dados na tabela dinâmica.

D. Personalizando o layout da tabela pivô
  • Layout de formato:


    Personalize o layout e a aparência da tabela dinâmica aplicando diferentes estilos, temas e opções de formatação.

E. filtragem e classificação de dados dentro da tabela de articulação
  • Dados de filtro:


    Use as opções de filtro na tabela Pivot para exibir dados específicos ou excluir informações indesejadas.
  • Classificar dados:


    Organize os dados na tabela Pivot, classificando -os em ordem ascendente ou descendente com base em diferentes campos.

F. Aplicando cálculos e resumos aos dados
  • Adicionar cálculos:


    Inserir campos ou itens calculados para executar cálculos personalizados nos dados dentro da tabela Pivot.
  • Resumir dados:


    Use funções como soma, contagem, média, max e min para resumir os dados na tabela dinâmica.

G. Removendo linhas em branco
  • Remova os espaços em branco:


    Elimine quaisquer linhas ou colunas em branco que possam aparecer na tabela dinâmica para garantir uma apresentação limpa e organizada dos dados.


Gerenciando dados da tabela de pivô


Ao trabalhar com tabelas pivô no Excel, é importante saber como gerenciar os dados dentro da tabela. Isso inclui atualizar, refrescar e alterar a fonte de dados para a tabela dinâmica.

A. Atualizando dados da tabela de pivô

A atualização dos dados da tabela Pivot envolve a adição de novos dados ao intervalo de origem ou a remoção de dados existentes do intervalo de origem. Isso pode ser feito simplesmente editando os dados de origem diretamente na planilha.

B. Dados da tabela de articulação refrescante

Os dados da tabela de articulação refrescantes são necessários quando os dados de origem foram atualizados ou alterados. Isso garante que a tabela dinâmica reflita as informações mais atuais. Para atualizar a tabela dinâmica, basta clicar com o botão direito do mouse na tabela e selecione "Atualizar" no menu.

C. Alterar a fonte de dados para a tabela de articulação

Se a fonte de dados original para a tabela pivô precisar ser alterada, isso poderá ser feito através das opções dinâmicas. Basta acessar a guia "Analisar dinâmica", clique em "Alterar fonte de dados" e selecione o novo intervalo de dados para atualizar a tabela Pivot de acordo.


Dicas e truques para uso eficaz de mesa de pivô


O recurso de tabela pivô do Excel é uma ferramenta poderosa para analisar e resumir grandes quantidades de dados. Aqui estão algumas dicas e truques para ajudá -lo a aproveitar ao máximo as tabelas dinâmicas:

  • Utilizando os fatores de fatia para filtragem interativa
  • Os fatores decutados são uma ótima maneira de fornecer opções de filtragem interativas para a sua tabela dinâmica. Ao adicionar fatores de slicers à sua tabela dinâmica, você pode filtrar e visualizar facilmente pontos de dados específicos com base na sua seleção. Isso facilita a personalização de sua análise de dados e extrai insights valiosos.

  • Usando gráficos de pivô para visualizar dados
  • Os gráficos de pivô são um ótimo companheiro para girar tabelas, pois ajudam a visualizar os dados em um formato mais gráfico. Você pode criar facilmente vários tipos de gráficos, como gráficos de barras, gráficos de pizza e gráficos de linha com base nos dados resumidos na sua tabela pivô. Essa visualização pode ajudar a identificar tendências e padrões dentro dos dados.

  • Criando campos calculados dentro da tabela pivô
  • Um dos recursos mais poderosos das tabelas dinâmicas é a capacidade de criar campos calculados. Os campos calculados permitem executar cálculos na própria tabela pivô, sem alterar os dados originais. Isso pode ser útil para derivar novas métricas ou executar cálculos personalizados com base nos dados existentes.

  • Agrupamento e não agrupar dados na tabela de articulação
  • O agrupamento e os dados não agrupados em uma tabela pivô podem ajudar a organizar e resumir os dados de uma maneira mais coesa. Você pode agrupar datas por meses, trimestres ou anos ou agrupar dados numéricos em intervalos personalizados. Isso pode tornar os dados mais gerenciáveis ​​e fornecer uma imagem mais clara das tendências e padrões.



Erros comuns para evitar


Ao criar e trabalhar com tabelas dinâmicas no Excel, existem vários erros comuns que os usuários geralmente cometem. Ao estar ciente dessas armadilhas, você pode garantir que suas tabelas de pivô sejam precisas e efetivamente refletem seus dados.

A. Não atualizando os dados da tabela pivô

Um dos erros mais comuns ao trabalhar com tabelas de pivô está deixando de atualizar os dados subjacentes. Isso pode resultar em informações desatualizadas ou imprecisas sendo exibidas na tabela dinâmica. É importante atualizar regularmente a fonte de dados para garantir que a tabela dinâmica reflita com precisão as informações mais recentes.

B. Esquecendo de atualizar os dados da tabela pivô após alterações

Depois de fazer alterações nos dados de origem, como adicionar ou remover linhas ou colunas, é crucial atualizar a tabela dinâmica para refletir essas alterações. Esquecer de fazer isso pode levar a discrepâncias entre a tabela pivô e os dados reais, minando a utilidade da tabela pivô.

C. Layouts de tabela de articulação supercomplicando

Embora as tabelas de pivô ofereçam um alto grau de flexibilidade em termos de layout e organização, a supercomplicação do design pode dificultar a compreensão e o uso da tabela dinâmica. É importante encontrar um equilíbrio entre um layout claro e intuitivo e uma análise abrangente de dados.


Conclusão


Para concluir, As tabelas de articulação são uma ferramenta incrivelmente poderosa no Excel, permitindo que os usuários analisem e resumissem grandes conjuntos de dados com facilidade. Ao utilizar tabelas de articulação, os indivíduos podem obter informações valiosas e tomar decisões informadas com base em seus dados. Eu encorajo todos os leitores a Pratique a criação de tabelas de articulação por conta própria Para entender melhor como eles funcionam e como podem beneficiar seu trabalho ou projetos pessoais. Além disso, existem muitos Recursos para tutoriais e suporte adicionais do Excel Disponível on -line, portanto, não hesite em procurar mais orientações, se necessário. Feliz giratório!

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles