Tutorial do Excel: como fazer a fórmula do Excel

Introdução


Quando se trata de Planilhas do Excel, usando fórmulas pode aumentar bastante sua eficiência e precisão. Esteja você trabalhando com cálculos simples ou análise de dados complexos, entender como criar e usar fórmulas do Excel é uma habilidade essencial. Neste tutorial, forneceremos um Visão geral de fórmulas importantes do Excel e orientá -lo no processo de criação e uso.


Takeaways -chave


  • O uso de fórmulas do Excel pode aumentar bastante a eficiência e a precisão na análise de dados
  • Compreender a sintaxe básica do Excel Formula é essencial para criar e usar fórmulas
  • Utilizando referências celulares e funções comuns do Excel pode simplificar cálculos complexos
  • Funções de nidificação e usando declarações condicionais em fórmulas permitem cálculos mais avançados e tomada de decisão
  • Praticar e explorar técnicas de fórmula mais avançadas é incentivada para o aprendizado e melhoria contínuos


Entendendo a sintaxe da fórmula básica do Excel


Ao trabalhar com o Excel, entender a sintaxe básica de uma fórmula é essencial para executar efetivamente cálculos e análises. As fórmulas no Excel sempre começam com um sinal igual (=), que diz ao Excel que os seguintes caracteres fazem parte de uma fórmula.

A. Explicação do sinal igual como o ponto de partida para uma fórmula

O sinal igual é o primeiro caractere em todas as fórmulas do Excel. Indica ao destaque que o que se segue é um cálculo, não apenas o texto. Sem o sinal igual, o Excel tratará a entrada como texto em vez de uma fórmula.

B. Introdução a operadores básicos como +, -, *, / /
  • Os operadores básicos do Excel são semelhantes aos da maioria das equações matemáticas. O sinal de mais (+) é usado para adição, o sinal de menos (-) para subtração, o asterisco (*) para multiplicação e a barra para a frente (/) para divisão.

  • Esses quatro operadores são fundamentais para construir fórmulas e realizar cálculos no Excel. Compreender como usá -los é crucial para criar fórmulas precisas e eficientes.



Usando referências de células em fórmulas


Ao criar fórmulas no Excel, é comum o uso de referências de células para incluir dados nas fórmulas. Isso permite flexibilidade e eficiência em seus cálculos de planilha.

A. Explicação do uso de referências de células para incluir dados em fórmulas


Usando referências de células em fórmulas significa que, em vez de inserir os dados reais na fórmula, você se refere à célula onde os dados estão localizados. Isso não apenas mantém suas fórmulas concisas e fáceis de ler, mas também facilita a atualização dos dados sem precisar alterar a própria fórmula.

B. demonstrando o uso de referências de células absolutas e relativas


Existem dois tipos de referências celulares: absoluto e relativo. Referências de células absolutas Consulte uma célula específica e eles não mudam quando a fórmula é copiada para outro local. Referências de células relativas, por outro lado, mude com base na posição relativa da célula que contém a fórmula e a célula que está sendo referida.

  • Referências de células absolutas: Para usar uma referência de célula absoluta, você usa um sinal de dólar ($) antes dos identificadores de coluna e linha. Por exemplo, $ A $ 1.
  • Referências de células relativas: As referências relativas de células não têm sinais de dólar e ajustam com base na posição relativa quando copiados para outro local. Por exemplo, se você usar A1 em uma fórmula e copiar -o para outra célula, ele se ajustará a B2 se a nova célula for uma coluna e uma linha à direita do original.


Explorando funções comuns do Excel


O Excel oferece uma ampla gama de funções que podem ajudá -lo a executar vários cálculos e análises em seus dados. Entre estes, a soma, a média, as funções MAX e MIN são algumas das mais usadas. Vamos dar uma olhada em como essas funções funcionam e como você pode usá -las em suas fórmulas do Excel.

A. Introdução à Soma, Média, Max e Min Funções

Função da soma


  • A função da soma é usada para adicionar um intervalo de números em uma célula ou intervalo de células selecionadas.
  • É uma função versátil que pode ser usada para adição simples, bem como para cálculos mais complexos envolvendo várias células.

Função média


  • A função média é usada para encontrar a média de um intervalo de números em uma célula ou intervalo de células selecionadas.
  • É particularmente útil para calcular o valor médio de um conjunto de pontos de dados.

Função máxima


  • A função máxima é usada para encontrar o valor mais alto em uma faixa de números em uma célula ou intervalo de células selecionadas.
  • Pode ser útil para identificar o valor máximo dentro de um conjunto de dados.

Min função


  • A função Min é usada para encontrar o menor valor em uma faixa de números em uma célula ou intervalo de células selecionadas.
  • É útil para identificar o valor mínimo dentro de um conjunto de dados.

B. demonstrando como usar essas funções em fórmulas

Agora que temos um entendimento básico dessas funções comuns do Excel, vamos ver como podemos incorporá -las em nossas fórmulas para executar cálculos e análises em nossos dados.


Tutorial do Excel: como fazer a fórmula do Excel


A. Explicação das funções de nidificação para executar vários cálculos em uma fórmula

As funções de nidificação no Excel permitem que os usuários executem vários cálculos em uma única fórmula. Isso pode ser útil para cálculos mais complexos, onde a saída de uma função é usada como entrada para outra função.

1. Compreendendo as funções de nidificação


  • Ao nidificar as funções, a saída de uma função é usada como entrada para outra função dentro da mesma fórmula.
  • Isso permite que cálculos mais avançados e intrincados sejam realizados em uma única célula.

2. Benefícios das funções de nidificação


  • As funções de nidificação reduzem a necessidade de múltiplas células de cálculo intermediário, o que pode desordenar a planilha e tornar mais difícil de entender.
  • Essa abordagem também agiliza o processo e torna a fórmula mais eficiente.

B. Demonstrando como aninhar as funções para cálculos mais avançados

Vamos dar uma olhada em um exemplo para entender melhor como aninhar as funções no Excel para cálculos mais avançados.

1. Exemplo: Aninhando a soma e as funções médias


  • Neste exemplo, queremos calcular a média da soma de dois conjuntos de números.
  • Podemos conseguir isso aninhando a soma e as funções médias dentro da fórmula.

2. Sintaxe para funções de nidificação


  • Quando as funções de nidificação, a sintaxe exige que a saída de uma função seja usada como entrada para outra função, fechada nos parênteses um do outro.
  • Por exemplo, = média (soma (range1, range2))


Usando declarações condicionais em fórmulas


No Microsoft Excel, declarações condicionais são usadas para criar fórmulas que tomem decisões com base em determinadas condições. Isso permite que você execute cálculos lógicos e tome decisões orientadas a dados em suas planilhas. Neste tutorial, exploraremos o uso de IF e, e / ou funções para cálculos lógicos e demonstraremos como usar declarações condicionais em fórmulas para a tomada de decisão.

Introdução ao IF e, e ou funções para cálculos lógicos


A função IF no Excel permite executar um teste lógico e retornar um valor se o teste for verdadeiro e outro valor se o teste for falso. Isso é ideal para criar fórmulas que tomem decisões com base em condições específicas. A sintaxe para a função if é:

  • Teste lógico: A condição que você deseja testar.
  • Value_if_true: O valor que deve ser retornado se o lógico_test for verdadeiro.
  • Value_if_false: O valor que deve ser retornado se o logical_test for falso.

As funções e / / ou são usadas para realizar vários testes lógicos e retornar um resultado verdadeiro ou falso. A função e a função retorna true se todos os testes lógicos forem verdadeiros, enquanto a função ou a função retorna true se pelo menos um dos testes lógicos for verdadeiro. Essas funções são úteis para criar declarações condicionais mais complexas em suas fórmulas.

Demonstrando como usar declarações condicionais em fórmulas para tomada de decisão


Vamos considerar um exemplo em que você deseja calcular bônus para os funcionários com base em suas classificações de desempenho. Você pode usar a função IF para determinar o valor do bônus com base na classificação de desempenho. Por exemplo, se a classificação de desempenho de um funcionário for "excelente", eles poderão receber um bônus de US $ 1000, enquanto uma classificação de "boa" pode resultar em um bônus de US $ 500.

Além disso, você pode usar a e função para criar uma fórmula que verifique várias condições antes de retornar um valor específico. Por exemplo, se você deseja conceder um bônus apenas aos funcionários que estão na empresa há mais de 5 anos e têm uma classificação de desempenho de "satisfatório", você pode usar o e funcionar para executar as duas verificações na fórmula.

Da mesma forma, a função OR pode ser usada para criar fórmulas que tomem decisões com base em várias condições, onde pelo menos uma condição precisa ser verdadeira para que um resultado específico seja retornado. Por exemplo, se você deseja conceder um bônus aos funcionários que possuem uma classificação de desempenho "excelente" ou estejam na empresa há mais de 10 anos, você pode usar a ou função para verificar qualquer uma das condições da fórmula.


Conclusão


Para concluir, As fórmulas do Excel são cruciais para análise e organização eficientes de dados. Ao utilizar fórmulas, os usuários podem executar rapidamente cálculos e manipulações complexas em seus dados, economizando tempo e reduzindo o risco de erros. Nós o encorajamos a Pratique e explore técnicas de fórmula mais avançadas Maximizar sua proficiência no Excel e aprimorar suas habilidades de análise de dados.

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles