Tutorial do Excel: como fazer uma fórmula do Excel

Introdução


Entender as fórmulas do Excel é essencial Para quem deseja aproveitar ao máximo esse poderoso software de planilha. Seja você um estudante, um profissional ou um empresário, sabendo como criar e usar fórmulas melhorar dramaticamente Sua produtividade e eficiência. Neste tutorial, abordaremos o básico da criação de uma fórmula do Excel, incluindo como inserir uma fórmula, usar referências de células e executar operações matemáticas básicas.


Takeaways -chave


  • A compreensão das fórmulas do Excel é essencial para melhorar a produtividade e a eficiência.
  • A estrutura básica de uma fórmula do Excel começa com um sinal igual e inclui referências e operadores de células.
  • Funções comuns do Excel como soma, média e se forem úteis para executar cálculos e tomar decisões nas fórmulas.
  • O uso de referências e faixas de células em fórmulas permite realizar cálculos em várias células de uma só vez.
  • Solução de problemas de fórmulas e depuração é importante para identificar e corrigir erros no Excel.


Entendendo a estrutura básica de fórmula do Excel


Quando se trata de trabalhar com fórmulas do Excel, é importante entender a estrutura básica que todas as fórmulas seguem. Ao dominar os elementos fundamentais das fórmulas do Excel, você pode aproveitar o poder dessa ferramenta para executar cálculos e análises complexas com facilidade.

A. Explicação do sinal igual como o ponto de partida para todas as fórmulas

O sinal igual (=) é o ponto de partida para todas as fórmulas do Excel. Quando você inicia uma nova fórmula em uma célula, deve começar digitando o sinal igual para sinalizar para se destacar que está inserindo uma fórmula. Esta é uma etapa crucial, pois o Excel não reconhecerá sua entrada como uma fórmula sem o sinal igual.

B. Visão geral do uso de referências e operadores de células em fórmulas

Depois de inserir o sinal igual para iniciar uma fórmula, você pode usar referências e operadores de células para executar cálculos. As referências de células, como A1 ou B5, permitem extrair dados de células específicas em sua planilha. Os operadores, como +, -, *e /, permitem executar operações matemáticas como adição, subtração, multiplicação e divisão em suas fórmulas.


Funções comuns do Excel e seu uso


O Excel é uma ferramenta poderosa para organizar e analisar dados, e um de seus principais recursos é a capacidade de criar fórmulas. Ao usar funções, os usuários podem executar operações matemáticas, tomar decisões e manipular o texto em suas planilhas. Vamos dar uma olhada em algumas funções comuns do Excel e como elas são usadas.

A. Explicação das funções matemáticas básicas
  • SOMA:


    O SOMA A função é usada para adicionar uma variedade de células. Por exemplo, = SUM (A1: A5) somaria os valores nas células A1 a A5.
  • MÉDIA:


    O MÉDIA A função calcula a média de uma faixa de células. Por exemplo, = média (B1: B10) encontraria a média dos valores nas células B1 a B10.
  • CONTAR:


    O CONTAR A função conta o número de células em um intervalo que contém números. Exclui células vazias e aquelas que contêm texto. Por exemplo, = count (c1: c8) contaria o número de células no intervalo C1 a C8 que contêm valores numéricos.

B. Introdução às funções lógicas
  • SE:


    O SE A função é usada para tomada de decisão em fórmulas. Ele avalia uma condição e retorna um valor se a condição for verdadeira e outra se for falsa. Por exemplo, = se (d2> 10, "sim", "não") exibiria "sim" se o valor na célula D2 for maior que 10 e "não" se não for.
  • E:


    O E A função verifica se todas as condições especificadas são verdadeiras e retorna verdadeira se forem e falsas, se algum deles for falsa. Por exemplo, = e (E2> 5, E2 <15) retornaria verdadeiro se o valor na célula E2 for maior que 5 e menor que 15.

C. Visão geral das funções de texto
  • CONCATENAR:


    O CONCATENAR A função é usada para combinar o conteúdo de duas ou mais células em uma. Por exemplo, = Concatenato (F2, "", G2) combinaria os valores nas células F2 e G2, separados por um espaço.
  • ESQUERDA:


    O ESQUERDA A função extrai um número especificado de caracteres desde o início de uma célula. Por exemplo, = esquerda (H2, 5) extrairia os 5 primeiros caracteres da célula H2.


Usando referências e faixas de células em fórmulas


Ao criar fórmulas no Excel, é importante entender como fazer referência às células e usar faixas para realizar cálculos de maneira eficaz e eficiente. Aqui, discutiremos as diferentes maneiras de fazer referência às células nas fórmulas e demonstraremos como usar faixas para realizar cálculos em várias células ao mesmo tempo.

Explicação das diferentes maneiras de referir células em fórmulas


Referências relativas: Quando uma fórmula contém uma referência relativa, significa que a referência mudará quando a fórmula for copiada para outra célula. Por exemplo, se você possui uma fórmula na célula A1 que faz referência à célula B1 e copiar a fórmula para a célula A2, a referência mudará automaticamente para B2.

Referências absolutas: Uma referência absoluta, por outro lado, não mudará quando a fórmula for copiada para outra célula. Você pode criar uma referência absoluta adicionando um sinal de dólar ($) antes da letra da coluna e/ou número de linha na referência. Por exemplo, se você possui uma fórmula na célula A1 que faz referência à célula $ B $ 1 e copiar a fórmula para a célula A2, a referência permanecerá como $ B $ 1.

Referências mistas: Uma referência mista combina aspectos de referências relativas e absolutas. Você pode criar uma referência mista adicionando um sinal de dólar antes da letra da coluna ou do número da linha na referência. Por exemplo, se você tiver uma fórmula na célula A1 que faz referência à célula $ B1 e copiar a fórmula para a célula A2, a referência mudará para $ B2.

Demonstração do uso de faixas em fórmulas


O uso de faixas em fórmulas permite executar cálculos em várias células de uma só vez. Por exemplo, se você deseja somar os valores nas células A1 a A5, poderá usar o intervalo A1: A5 em sua fórmula. Isso simplifica o processo de realização de cálculos em grandes conjuntos de dados, economizando tempo e esforço.

Ao entender e utilizar diferentes referências e faixas de células em fórmulas, você pode maximizar a eficiência e a precisão dos seus cálculos do Excel.


Dicas para solução de problemas e depuração de fórmulas


Ao trabalhar com fórmulas do Excel, é comum encontrar erros que podem ser frustrantes para depurar. Felizmente, existem algumas dicas e ferramentas úteis que podem tornar as fórmulas de solução de problemas um processo muito mais suave.

A. Explicação de erros comuns em fórmulas e como identificá -las

Antes que você possa corrigir um erro de fórmula, você precisa entender qual é o erro e por que ele está ocorrendo. Alguns dos erros mais comuns nas fórmulas do Excel incluem:

  • #Div/0! Erro: Esse erro ocorre quando uma fórmula tenta se dividir por zero, o que é matematicamente impossível. Para identificar esse erro, procure qualquer instância de divisão em suas fórmulas.
  • #Ref! Erro: Este erro indica que uma referência de célula na fórmula não é válida. Verifique as células excluídas ou movidas que podem estar causando o erro.
  • #VALOR! Erro: Este erro ocorre quando uma fórmula inclui tipos ou argumentos inválidos de dados. Verifique se todas as entradas em sua fórmula são do tipo de dados correto.

B. Visão geral do uso das ferramentas de auditoria de fórmula no Excel para rastrear e corrigir erros nas fórmulas


O Excel oferece uma variedade de ferramentas de auditoria de fórmula que podem ajudá -lo a rastrear e corrigir erros em suas fórmulas. Algumas das ferramentas mais úteis incluem:

  • Precedentes de rastreamento: Essa ferramenta permite rastrear quais células estão contribuindo para o valor de uma célula específica. Pode ajudá -lo a identificar quaisquer entradas inesperadas em sua fórmula.
  • Traços dependentes: Esta ferramenta mostra quais células estão usando o valor de uma célula específica em suas próprias fórmulas. Pode ajudá -lo a entender o impacto de alterar a fórmula em uma célula específica.
  • Verificação de erros: Essa ferramenta verifica automaticamente sua planilha em busca de erros de fórmula e fornece sugestões para corrigi -las. Pode ser uma maneira rápida de identificar e resolver erros de fórmula comuns.

Ao se familiarizar com essas ferramentas de auditoria de fórmula e com os erros comuns nas fórmulas do Excel, você estará melhor equipado para solucionar problemas e depurar qualquer problema de fórmula que surja em seu trabalho. Com a prática e a experiência, você se tornará mais hábil em criar fórmulas precisas e sem erros no Excel.


Técnicas avançadas de fórmula do Excel


O Excel é uma ferramenta poderosa para realizar cálculos e análises complexas. Nesta postagem do blog, exploraremos duas técnicas avançadas de fórmula: fórmulas de matriz e fórmulas aninhadas.

A. Introdução às fórmulas de matriz para realizar cálculos em várias células de uma só vez
  • O que são fórmulas de matriz?


    As fórmulas de matriz no Excel permitem executar cálculos em várias células de uma só vez. Isso pode ser útil para tarefas, como somar uma variedade de valores ou executar operações matemáticas em matrizes de dados.

  • Como criar uma fórmula de matriz


    Para criar uma fórmula de matriz, basta entrar na fórmula como normalmente o faria, mas, em vez de pressionar Enter, pressiona Ctrl+Shift+Enter. Isso diz ao Excel que a fórmula deve ser tratada como uma fórmula de matriz.

  • Exemplos de fórmulas de matriz


    Alguns exemplos comuns de fórmulas de matriz incluem o cálculo da soma dos produtos, encontrar o valor máximo ou mínimo em um intervalo e executar operações da matriz.


B. Explicação de fórmulas aninhadas para cálculos mais complexos
  • O que são fórmulas aninhadas?


    As fórmulas aninhadas, também conhecidas como fórmulas compostas, são fórmulas que contêm outras fórmulas dentro delas. Isso permite que você realize cálculos mais complexos, combinando várias funções e operações.

  • Como criar uma fórmula aninhada


    Para criar uma fórmula aninhada, basta inserir a fórmula interna dentro dos parênteses da fórmula externa. Você pode aninhar vários níveis de fórmulas para criar cálculos altamente complexos.

  • Exemplos de fórmulas aninhadas


    Alguns exemplos comuns de fórmulas aninhadas incluem o uso da função IF dentro de uma função de soma, combinando as funções VLookup e o índice e o uso de funções lógicas, como e e / ou em outras fórmulas.



Conclusão


Entendimento Fórmulas do Excel é essencial para quem deseja utilizar proficientemente o Excel para análise de dados ou fins de trabalho. Ao dominar as fórmulas, você pode facilmente manipular e analisar dados para derivar informações valiosas e tomar decisões informadas. É importante Pratique e experimente com diferentes fórmulas para melhorar sua proficiência e eficiência no Excel. Quanto mais você trabalha com fórmulas, melhor você se tornará usá -las para sua vantagem.

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles