Tutorial do Excel: Como fazer uma tabela de amortização no Excel

Introdução


As tabelas de amortização são ferramentas essenciais para quem deseja entender e rastrear seus pagamentos de empréstimos. Se você é proprietário de uma empresa que gerencia dívidas ou um proprietário que acompanha os pagamentos de hipotecas, ter uma tabela de amortização pode fornecer clareza e visibilidade em suas obrigações financeiras. E que melhor maneira de criar um do que usar o Excel? Com seu versatilidade e recursos poderosos de cálculo, O Excel é uma ferramenta ideal para fazer cálculos financeiros complexos, incluindo tabelas de amortização.


Takeaways -chave


  • As tabelas de amortização são cruciais para entender e rastrear pagamentos de empréstimos.
  • A versatilidade e os poderosos recursos de cálculo do Excel o tornam uma ferramenta ideal para criar tabelas de amortização.
  • A compreensão da amortização e seu uso no planejamento financeiro é essencial para uma gestão eficaz de dinheiro.
  • A configuração de uma planilha do Excel e a entrada de detalhes do empréstimo são as primeiras etapas na criação de uma tabela de amortização.
  • O cálculo dos pagamentos mensais e a criação da tabela de amortização são críticos na visualização do reembolso de empréstimos.


Compreensão da amortização


A. Defina a amortização e seu uso no planejamento financeiro

A amortização refere -se ao processo de pagar uma dívida em parcelas regulares por um período de tempo, normalmente por meio de pagamentos iguais. Este método é comumente usado para empréstimos, hipotecas e outros acordos financeiros. No planejamento financeiro, a amortização ajuda indivíduos e empresas a gerenciar suas dívidas e a entender a repartição dos pagamentos de principais e juros ao longo do tempo.

B. Explique o objetivo de uma tabela de amortização na visualização de reembolso de empréstimos

Uma tabela de amortização, também conhecida como cronograma de amortização, é um gráfico detalhado que descreve os pagamentos periódicos e a alocação de cada pagamento em relação ao principal e juros. Esta tabela fornece uma representação visual clara de como um empréstimo será pago durante o prazo, incluindo a redução gradual do saldo pendente e a parte crescente de cada pagamento que é destinado ao valor principal. Ele também permite que os mutuários vejam o total de juros pagos durante a vida útil do empréstimo e ajuste sua estratégia de pagamento de acordo.


Configurando a planilha do Excel


Ao criar uma tabela de amortização no Excel, a primeira etapa é configurar a planilha para inserir os dados necessários para a tabela. Veja como fazer:

A. Abra o Excel e crie uma nova pasta de trabalho


Abra o Excel e inicie uma nova pasta de trabalho para começar a configurar a tabela de amortização. Isso fornecerá uma lista limpa para inserir os detalhes do empréstimo e criar a tabela.

B. Rotule as colunas necessárias para a tabela


Antes de inserir qualquer dados, rotule as colunas necessárias para a tabela de amortização. Essas colunas normalmente incluem o valor do empréstimo, taxa de juros, período, valor do pagamento e muito mais. Veja como configurar os cabeçalhos da tabela do Excel:

  • Montante do empréstimo: Esta coluna incluirá o valor inicial do empréstimo.
  • Taxa de juro: Esta coluna incluirá a taxa de juros anual do empréstimo.
  • Período: Esta coluna representará o número do período para a tabela de amortização.
  • Valor do pagamento: Esta coluna mostrará o valor do pagamento periódico do empréstimo.
  • Diretor: Esta coluna exibirá a parte do pagamento que é destinado ao pagamento do valor do empréstimo.
  • Interesse: Esta coluna mostrará a parte do pagamento que é destinado ao pagamento dos juros.
  • Saldo remanescente: Esta coluna exibirá o saldo restante do empréstimo após cada pagamento.

Depois que essas colunas são rotuladas, a planilha do Excel está pronta para inserir os dados e criar a tabela de amortização.


Inserindo detalhes do empréstimo


Ao criar uma tabela de amortização no Excel, é essencial inserir os detalhes do empréstimo com precisão. Siga estas etapas para inserir os detalhes do empréstimo:

  • A. Insira o valor do empréstimo na célula designada
  • Localize a célula onde o valor do empréstimo será inserido e insira o valor principal do empréstimo.

  • B. Digite a taxa de juros anual em formato percentual
  • Designe uma célula para a taxa de juros anual e insira a taxa em formato percentual (por exemplo, 5% para uma taxa de juros anual de 5%).

  • C. Especifique o prazo do empréstimo em meses
  • Em uma célula separada, especifique o prazo do empréstimo em meses (por exemplo, 36 meses para um empréstimo de três anos).



Calculando pagamentos mensais


Ao criar uma tabela de amortização no Excel, a primeira etapa é calcular os pagamentos mensais do empréstimo. Isso pode ser feito facilmente usando a função PMT do Excel.

A. Use a função PMT do Excel para calcular o pagamento mensal

A função PMT no Excel permite calcular o pagamento mensal de um empréstimo com base no valor do empréstimo, taxa de juros e prazo de empréstimo. A sintaxe para a função PMT é: = pmt (taxa, nper, pv)

Subpoints:


  • Avaliar: Esta é a taxa de juros do empréstimo.

  • Nper: Este é o número total de pagamentos para o empréstimo.

  • PV: Este é o valor presente, ou o valor total do empréstimo.


B. Insira a fórmula usando os detalhes do empréstimo anteriormente inseridos

Depois que os detalhes do empréstimo, como taxa de juros, número de pagamentos e valor do empréstimo, foram inseridos na planilha, você pode usar a função PMT para calcular o pagamento mensal. Simplesmente insira a fórmula em uma célula e faça referência às células que contêm os detalhes do empréstimo.


Criando a tabela de amortização


Ao criar uma tabela de amortização no Excel, é essencial rotular as colunas corretamente e usar as funções internas do Excel para calcular o interesse e o principal para cada pagamento.

A. Rotule as colunas


Para começar, abra uma nova planilha do Excel e rotule as colunas para número de pagamento, valor do pagamento, juros, diretor e saldo restante. Isso ajudará a organizar os dados e facilitará a compreensão do cronograma de amortização.

B. Use as funções internas do Excel


Em seguida, use as funções internas do Excel para calcular os juros e o principal para o primeiro pagamento. Isso pode ser feito usando as funções PMT, IPMT e PPMT. A função PMT calcula o valor do pagamento, enquanto a função IPMT calcula os juros por um período específico e a função PPMT calcula o principal por um período específico. Ao usar essas funções, você pode calcular com precisão os juros e o principal para cada pagamento no cronograma de amortização.


Conclusão


Em conclusão, criando um Tabela de amortização No Excel é uma habilidade valiosa para qualquer pessoa interessada em planejamento financeiro. Esta ferramenta permite visualizar e entender a quebra dos pagamentos de empréstimos e o impacto dos juros ao longo do tempo. Nós encorajamos todos os leitores a Pratique a criação de suas próprias tabelas de amortização em Excel para ganhar confiança no uso dessa poderosa ferramenta financeira.

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles