Tutorial do Excel: Como fazer um gráfico científico no Excel

Introdução


Criando Gráficos científicos no Excel é uma habilidade essencial para pesquisadores, cientistas e estudantes. Esses gráficos não apenas representam visualmente dados, mas também ajudam a analisar e interpretar informações científicas complexas. Nisso tutorial, vamos explorar o processo passo a passo de criar um Gráfico científico no Excel, permitindo que você apresente efetivamente seus dados para fins acadêmicos, profissionais ou de pesquisa.


Takeaways -chave


  • Criar gráficos científicos no Excel é crucial para representar e interpretar efetivamente dados.
  • A seleção de dados precisa e confiável é essencial para criar gráficos científicos significativos.
  • Compreender os diferentes tipos de gráficos e escolher o mais adequado é importante para a apresentação eficaz de dados.
  • A adição de rótulos, títulos e formatação do gráfico aprimora seu apelo e clareza visual.
  • Praticar e procurar mais recursos pode ajudar a melhorar as habilidades na criação de gráficos científicos no Excel.


Escolhendo os dados certos


Ao criar um gráfico científico no Excel, é importante selecionar cuidadosamente os dados apropriados para representar com precisão suas descobertas. Aqui estão alguns pontos -chave a serem considerados ao escolher os dados certos:

A. Selecionando os dados apropriados para o gráfico
  • Identifique as variáveis ​​que você deseja comparar ou exibir no gráfico.
  • Verifique se os dados selecionados são relevantes para o tópico ou questão de pesquisa.
  • Considere a escala dos dados e se serão melhor representados em um gráfico de barras, gráfico de linha, gráfico de dispersão ou outro tipo de gráfico científico.

B. garantir que os dados sejam precisos e confiáveis
  • Verifique novamente seus dados para garantir que sejam precisos e livres de erros ou inconsistências.
  • Verifique as fontes de seus dados e verifique se eles são de fontes confiáveis ​​e respeitáveis.
  • Considere o tamanho da amostra e se é suficiente tirar conclusões significativas.


Selecionando o tipo de gráfico certo


Ao criar um gráfico científico no Excel, é importante escolher o tipo certo de gráfico para representar com precisão os dados. Compreender os diferentes tipos de gráficos científicos e selecionar o mais adequado para os dados é crucial para comunicar efetivamente suas descobertas.

A. Compreendendo os diferentes tipos de gráficos científicos
  • Gráficos de barras


    Os gráficos de barras são úteis para comparar dados em diferentes categorias. Eles são frequentemente usados ​​para exibir dados discretos e podem mostrar facilmente as diferenças entre os grupos.

  • Gráficos de linha


    Os gráficos de linha são ideais para mostrar tendências ou mudanças durante um período de tempo. Eles são comumente usados ​​em pesquisas científicas para visualizar dados contínuos.

  • Plotagens de dispersão


    Gráficos de dispersão são usados ​​para exibir a relação entre duas variáveis. Eles são úteis para identificar padrões ou correlações nos dados.

  • Histogramas


    Os histogramas são adequados para exibir a distribuição de dados e são frequentemente usados ​​na análise estatística para mostrar a frequência de valores dentro de um conjunto de dados.


B. Escolhendo o gráfico mais adequado para os dados

Depois de entender os diferentes tipos de gráficos científicos, é importante considerar cuidadosamente a natureza dos dados e escolher o gráfico mais adequado para representar com precisão os resultados.

  • Considere o tipo de dados que estão sendo apresentados - seja discreto ou contínuo, categórico ou numérico.

  • Pense nos relacionamentos ou padrões específicos nos dados que precisam ser visualizados.

  • Leve em consideração o público e a maneira mais eficaz de transmitir as informações a eles.



Criando o gráfico


Na pesquisa científica, a criação de gráficos claros e precisos é essencial para apresentar dados de maneira significativa. O Excel fornece uma plataforma amigável para criar gráficos científicos e, após uma abordagem estruturada, pode ajudá-lo a obter resultados de aparência profissional.

A. inserindo os dados no Excel

Antes de criar um gráfico no Excel, é crucial ter os dados devidamente organizados dentro da planilha. Verifique se os dados são inseridos com precisão e nas colunas ou linhas apropriadas para representar as variáveis ​​que você deseja visualizar.

B. Usando a função de inserção para criar o gráfico

O Excel oferece uma variedade de tipos de gráficos, incluindo gráficos de linha, gráficos de barras, gráficos de dispersão e muito mais. Para criar um gráfico, selecione os dados que você deseja incluir no gráfico e navegue até a guia Inserir e escolha o tipo de gráfico que melhor representa seus dados. Isso gerará um gráfico preliminar com base nos dados selecionados.

C. Personalizando o gráfico para ajustar os padrões científicos

1. Etiquetas e títulos de eixos


Certifique -se de que os eixos X e Y tenham rótulos claros e descritivos. Além disso, forneça um título para o gráfico que representa com precisão os dados que estão sendo visualizados.

2. Formatando pontos de dados


Considere personalizar a aparência de pontos de dados, linhas ou barras no gráfico para diferenciar entre diferentes conjuntos de dados. Isso pode ser feito alterando cores, símbolos ou estilos de linha.

3. Adicionando barras de erro


Se seus dados incluem incerteza ou variabilidade, adicionar barras de erro ao gráfico pode fornecer informações importantes sobre a confiabilidade dos dados. O Excel permite que você adicione facilmente barras de erro ao seu gráfico com base nos dados que você inseriu.

4. Ajustando a escala


Verifique se a escala do gráfico representa com precisão o intervalo dos dados. Você pode ajustar os valores mínimo e máximo para cada eixo para garantir que o gráfico seja visualmente informativo.

Seguindo essas etapas, você pode criar um gráfico científico no Excel que comunique efetivamente suas descobertas de pesquisa e adere aos padrões profissionais.


Adicionando rótulos e títulos


Um dos aspectos mais importantes da criação de um gráfico científico no Excel é incluir rótulos e títulos adequados. Isso não apenas ajuda a esclarecer os dados que estão sendo apresentados, mas também tornam o gráfico mais profissional e mais fácil de entender.

Incluindo rótulos de eixo


Ao criar um gráfico científico no Excel, é essencial incluir rótulos de eixo para indicar claramente o que cada eixo representa. Para adicionar rótulos do eixo, basta clicar no gráfico para selecioná -lo e clique no botão "Elementos do gráfico" (o ícone de sinal de mais) que aparece ao lado do gráfico. No menu suspenso, verifique a caixa ao lado de "títulos do eixo" e escolha "Título do Eixo Horizontal Primário" e "Título do Eixo Vertical Primário". Você pode editar os rótulos do eixo clicando neles e digitando no texto desejado.

Adicionando um título ao gráfico


Adicionar um título ao seu gráfico ajuda a fornecer contexto e deixar claro o que o gráfico está ilustrando. Para adicionar um título, clique no gráfico para selecioná -lo e clique no botão "Elementos do gráfico" e verifique a caixa ao lado do "título do gráfico". Você pode editar o título clicando nele e digitando no texto desejado.

Inserir uma lenda, se aplicável


Se o seu gráfico incluir várias séries de dados, é importante incluir uma legenda para esclarecer o que cada linha ou barra representa. Para inserir uma legenda, clique no gráfico para selecioná -lo, clique no botão "Elementos do gráfico" e verifique a caixa ao lado de "Legend". A legenda aparecerá no gráfico e você poderá ajustar sua posição e formatação conforme necessário.


Formatando o gráfico


Ao criar um gráfico científico no Excel, é importante garantir que o gráfico seja visualmente atraente e fácil de entender. Um aspecto -chave disso é formatar o gráfico para torná -lo visualmente atraente e fácil de interpretar.

Ajustando a cor e o estilo do gráfico


O Excel oferece uma variedade de opções de personalização para ajustar a cor e o estilo do seu gráfico. Você pode alterar a cor dos eixos, pontos de dados e plano de fundo para melhor se adequar aos seus dados e à aparência geral do seu gráfico. Além disso, você pode experimentar diferentes estilos de gráficos, como gráficos de linha, gráficos de barras e gráficos de dispersão, para encontrar a melhor representação de seus dados.

Garantir que o gráfico seja visualmente atraente e fácil de entender


É importante considerar os elementos visuais do gráfico para garantir que seja fácil de entender. Isso inclui o uso de fontes claras e legíveis para qualquer texto no gráfico, além de fornecer um título claro e conciso e rótulos de eixo. Além disso, esteja atento aos elementos desnecessários e desnecessários no gráfico e considere remover linhas de grade desnecessárias ou lixo de gráfico que possa distrair os dados que estão sendo apresentados.


Conclusão


Para concluir, Criando gráficos científicos no Excel é uma habilidade essencial para qualquer pesquisador ou cientista. Ele permite uma representação clara e visualmente atraente dos dados, facilitando a análise e a apresentação de descobertas. Nós o encorajamos a Pratique a criação de gráficos no Excel e buscar mais recursos para melhorar, seja através de tutoriais, cursos ou livros on -line. Quanto mais você pratica, mais proficiente você se tornará na criação de gráficos científicos impactantes.

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles