Tutorial do Excel: Como fazer um gráfico de Pareto no Excel

Introdução


Se você trabalha com dados, provavelmente já ouviu falar de gráficos de Pareto. Mas o que exatamente eles são? Um gráfico de Pareto é um tipo de gráfico que combina um gráfico de barras e um gráfico de linha, com as barras representando valores individuais em ordem descendente enquanto a linha mostra o total cumulativo. Este tipo de gráfico é importante Na análise de dados, pois ajuda a identificar os fatores mais significativos que contribuem para um efeito específico, permitindo priorizar onde concentrar seus esforços para o máximo impacto.


Takeaways -chave


  • Um gráfico de Pareto combina um gráfico de barras e um gráfico de linha para priorizar fatores que contribuem para um efeito particular
  • O princípio de Pareto, também conhecido como regra 80/20, afirma que 80% dos efeitos vêm de 20% das causas
  • Os dados organizados no Excel são essenciais para criar um gráfico de Pareto eficaz
  • Interpretar o gráfico de Pareto ajuda a identificar os fatores mais significativos para priorizar os esforços
  • A aplicação da análise de Pareto pode levar a decisões mais impactantes de dados


Compreendendo o princípio de Pareto


O princípio de Pareto, também conhecido como regra 80/20, é um conceito que sugere que aproximadamente 80% dos efeitos vêm de 20% das causas. Esse princípio pode ser aplicado a vários aspectos da vida e dos negócios, e é uma ferramenta valiosa para identificar os fatores mais críticos que contribuem para um resultado específico.

A. Explique o conceito de Princípio de Pareto

O princípio de Pareto recebeu o nome do economista italiano Vilfredo Pareto, que observou que 80% da terra na Itália pertencia a 20% da população. Essa observação levou ao desenvolvimento do princípio de Pareto, que foi aplicado a uma ampla gama de campos, incluindo negócios, economia e gestão da qualidade.

B. Forneça exemplos de onde o princípio de Pareto se aplica
  • Negócios: Nos negócios, o Princípio de Pareto pode ser usado para identificar os clientes, produtos ou serviços mais lucrativos. Por exemplo, 80% dos lucros de uma empresa podem vir de 20% de seus clientes.
  • Gestão da Qualidade: No gerenciamento da qualidade, o princípio de Pareto pode ser usado para priorizar as causas mais significativas de defeitos ou problemas. Por exemplo, 80% dos defeitos podem ser causados ​​por 20% das causas da raiz.
  • Gerenciamento de tempo: Na produtividade pessoal, o princípio de Pareto pode ser aplicado para se concentrar nas tarefas mais críticas que contribuem para o sucesso geral. Por exemplo, 80% dos resultados podem vir de 20% do esforço.


Preparação de dados


Antes de criar um gráfico de Pareto no Excel, é importante garantir que os dados estejam adequadamente preparados e organizados. Isso garantirá que o gráfico reflita com precisão os dados e forneça informações valiosas.

A. Discuta o tipo de dados necessário para um gráfico de Pareto

Para criar um gráfico de Pareto, você precisará ter dados que representem um conjunto de categorias e a frequência ou impacto de cada categoria. Isso pode ser qualquer coisa, desde tipos de defeitos em um processo de fabricação até reclamações de clientes em um setor de serviços.

B. Forneça orientação sobre como organizar os dados no Excel

Depois de identificar as categorias e sua frequência ou impacto, a próxima etapa é organizar os dados no Excel. As categorias devem ser listadas em uma coluna e a frequência ou impacto correspondente devem ser listados em uma coluna separada. É importante garantir que os dados sejam precisos e completos antes de prosseguir para criar o gráfico de Pareto.


Criando o gráfico de barras


Ao criar um gráfico de Pareto no Excel, é importante começar criando o gráfico de barras, o que nos ajudará a visualizar a frequência de várias categorias.

A. Ande pelas etapas de criar um gráfico de barras no Excel

Para criar um gráfico de barras no Excel, siga estas etapas:

  • Selecione os dados que você deseja incluir no gráfico de barras. Isso pode incluir as categorias e suas frequências correspondentes.
  • Clique na guia "Inserir" na parte superior da janela do Excel.
  • Escolha a opção "Gráfico de barras" nas opções de gráfico disponível. Você pode selecionar um gráfico básico de barras ou um gráfico de barras em cluster, dependendo da sua preferência.
  • O Excel gerará um gráfico de barras com base nos dados que você selecionou. Você pode personalizar a aparência do gráfico adicionando títulos, alterando as cores e ajustando os rótulos do eixo.

B. Explique como rotular os eixos X e Y adequadamente

Depois de criar o gráfico de barras, é importante rotular os eixos X e Y adequadamente para garantir que o gráfico seja fácil de entender.

  • Rotule o eixo x com as categorias ou grupos que você está analisando. Isso ajudará os espectadores a entender o que cada barra representa.
  • Rotule o eixo y com a frequência ou porcentagem de cada categoria. Isso ajudará os espectadores a entender a importância relativa de cada categoria no gráfico de Pareto.
  • Você também pode adicionar um título ao gráfico para fornecer uma indicação clara do que o gráfico está representando.

Seguindo essas etapas, você pode criar um gráfico de barras no Excel e rotular os eixos adequadamente para se preparar para a criação de um gráfico de Pareto.


Adicionando o gráfico de linha


Depois de criar o gráfico de barras para o gráfico de Pareto no Excel, a próxima etapa é adicionar um gráfico de linha para representar a porcentagem cumulativa. Veja como fazer:

  • Selecione dados: Clique no gráfico de barras para selecioná -lo. Em seguida, vá para a guia "Design" e clique em "Selecionar dados".
  • Adicione uma nova série: Na janela "Selecionar fonte de dados", clique em "Adicionar" para adicionar uma nova série para o gráfico de linha.
  • Intervalo de dados de entrada: Na janela "Editar séries", insira a faixa de dados percentual cumulativa para o gráfico de linha. Certifique-se de incluir os valores X (categorias) e os valores y (porcentagem cumulativa).
  • Ajuste os rótulos do eixo: Depois que o gráfico de linha é adicionado, pode ser necessário ajustar os rótulos do eixo para garantir que os gráficos de barra e linha se alinhem corretamente.

Formatando o gráfico de linhas para clareza


A formatação do gráfico de linhas é crucial para garantir clareza e fácil interpretação do gráfico de Pareto. Aqui estão algumas dicas sobre a formatação do gráfico de linhas:

  • Alterar a cor e o estilo da linha: Para diferenciar o gráfico de linhas do gráfico de barras, considere alterar a cor e o estilo da linha. Você pode usar uma cor contrastante e uma linha tracejada ou pontilhada para a linha percentual cumulativa.
  • Adicionar rótulos de dados: Inclua rótulos de dados para o gráfico de linhas para exibir a porcentagem cumulativa exata em cada ponto. Isso ajuda a visualizar a distribuição das categorias de maneira mais eficaz.
  • Ajuste os títulos do eixo: Certifique -se de que os títulos do eixo para o gráfico de linha sejam claros e descritivos. O título do eixo Y deve indicar a porcentagem cumulativa, e o título do eixo x deve corresponder às categorias no gráfico de Pareto.
  • Forneça uma lenda clara: Se o gráfico de Pareto incluir outras séries, como linhas ou barras adicionais, forneça uma lenda clara que identifique cada elemento do gráfico.


Interpretando o gráfico de Pareto


Quando se trata de análise de dados, um gráfico de Pareto pode ser uma ferramenta valiosa para identificar prioridades e focar os esforços nos problemas mais significativos. Ao entender como interpretar um gráfico de Pareto, você pode obter informações valiosas e tomar decisões informadas com base nos dados.

A. Discuta como analisar o gráfico de Pareto para identificar prioridades
  • Comece identificando as categorias ou questões representadas no eixo horizontal do gráfico de Pareto.
  • Veja o eixo vertical para entender a frequência ou impacto de cada categoria ou problema.
  • Preste atenção à linha de porcentagem cumulativa, que destaca o impacto cumulativo das categorias ou questões.
  • Identifique as categorias ou questões que contribuem para a maioria do impacto total, normalmente representado pelo declínio acentuado na linha percentual cumulativa.

B. Forneça exemplos de idéias que podem ser obtidas em um gráfico de Pareto
  • Identificando os tipos mais comuns de reclamações de clientes em um setor de serviços, ajudando a priorizar as áreas para melhorar.
  • Compreender quais defeitos do produto têm o impacto mais significativo na qualidade geral da produção em um ambiente de fabricação.
  • Reconhecendo as causas mais frequentes de atrasos em um projeto, permitindo esforços direcionados para melhorar a eficiência.


Conclusão


Em conclusão, discutimos o processo passo a passo de criar um Pareto gráfico no Excel. Aprendemos como organizar nossos dados, criar um gráfico de barras, adicionar uma linha de porcentagem cumulativa e formatar o gráfico para facilitar a interpretação. Com esse conhecimento, os leitores são incentivados a aplicar suas novas habilidades em suas próprias tarefas de análise de dados. Seja para projetos de tomada de decisão ou melhoria de qualidade, o gráfico de Pareto é uma ferramenta valiosa para identificar os fatores mais significativos que contribuem para um problema ou oportunidade.

Com a capacidade de criar gráficos de Pareto no Excel, os leitores podem aprimorar seus recursos de visualização e análise de dados, levando a tomada de decisão mais informada e estratégica.

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles