Tutorial do Excel: como fazer um gráfico com dois eixos y no Excel

Introdução


Gráficos com Dois eixos Y no Excel são uma ferramenta poderosa para visualizar dados que possuem diferentes unidades de medição. Esteja você comparando a receita de vendas e a satisfação do cliente ou a temperatura e a umidade, um gráfico de eixo y duplo pode ajudá-lo a ver o relacionamento entre as variáveis ​​com mais clareza. Neste tutorial, abordaremos o processo passo a passo Para criar um gráfico com dois eixos Y no Excel.


Takeaways -chave


  • Os gráficos com dois eixos Y no Excel são valiosos para visualizar dados com diferentes unidades de medição.
  • Organizar os dados no Excel é crucial para criar um gráfico com dois eixos y.
  • Adicionar um eixo y secundário pode fornecer uma compreensão mais clara da relação entre variáveis.
  • A personalização do gráfico com títulos, etiquetas e formatação é importante para a visualização eficaz de dados.
  • Utilize o gráfico para análise e tomada decisões orientadas a dados.


Compreender os dados


Ao criar um gráfico com dois eixos Y no Excel, é importante entender o tipo de dados adequado para esse tipo de visualização. Além disso, a organização dos dados corretamente no Excel facilitará a plotagem em um gráfico.

A. Explicação dos tipos de dados adequados para um gráfico com dois eixos y

Os gráficos com dois eixos Y são úteis quando existem dois conjuntos de dados que possuem unidades de medição diferentes, mas estão relacionados. Por exemplo, se você deseja comparar a receita de vendas e o número de unidades vendidas para um determinado produto ao longo do tempo, um gráfico com dois eixos Y seria ideal. Esse tipo de gráfico permite uma melhor visualização da relação entre os dois conjuntos de dados.

B. Como organizar os dados no Excel para plotar em um gráfico

Antes de criar um gráfico com dois eixos Y no Excel, é importante organizar os dados corretamente. Isso normalmente envolve organizar os dados em colunas separadas para cada conjunto de dados. Para o exemplo mencionado anteriormente, você teria uma coluna para a receita de vendas e outra coluna para o número de unidades vendidas, com uma terceira coluna para os períodos de tempo correspondentes.

Depois que os dados são organizados dessa maneira, fica mais fácil selecionar os dados e criar um gráfico com dois eixos Y no Excel.


Criando o gráfico inicial


Quando se trata de criar um gráfico com dois eixos Y no Excel, é importante começar com o gráfico inicial antes de adicionar o segundo eixo y. Veja como começar:

A. Etapas para selecionar os dados para o gráfico inicial
  • Abra sua planilha do Excel e selecione os dados que você deseja incluir no gráfico. Isso normalmente envolve a seleção dos valores do eixo x e pelo menos um conjunto de valores do eixo y.
  • Verifique se os dados estão organizados de uma maneira que faça sentido para o tipo de gráfico que você deseja criar. Por exemplo, se você estiver criando um gráfico de linha, você deseja ter uma coluna para os valores do eixo x e colunas adicionais para cada conjunto de valores do eixo y.

B. Como inserir um gráfico básico no Excel
  • Depois que seus dados forem selecionados e organizados, navegue até a guia "Inserir" no Excel.
  • Clique no tipo de gráfico que você deseja criar, como um gráfico de linha, gráfico de barras ou plotagem de dispersão.
  • O Excel gerará um gráfico básico com base nos dados selecionados, que você pode personalizar e formatar conforme necessário.


Adicionando um eixo Y secundário


Ao criar um gráfico no Excel, há momentos em que é necessário ou benéfico adicionar um eixo y secundário para representar melhor os dados que estão sendo apresentados. Isso é especialmente útil quando você tem dois conjuntos de dados com diferentes unidades de medição ou quando o intervalo de valores para um conjunto de dados é muito maior que o outro.

Explicação de quando e por que adicionar um eixo y secundário


Adicionar um eixo y secundário é útil quando você tem dois conjuntos de dados com diferentes unidades de medição, como temperatura e precipitação. Ele permite que você exiba claramente os dois conjuntos de dados no mesmo gráfico sem um conjunto de dados ofuscando o outro. Além disso, pode ajudar a visualizar melhor qualquer correlação ou padrões entre os dois conjuntos de dados.

Guia passo a passo sobre como adicionar um eixo y secundário ao gráfico


1. Selecione seus dados: Antes de criar um gráfico, selecione os dois conjuntos de dados que você deseja incluir no gráfico.

2. Crie seu gráfico inicial: Vá para a guia "Inserir" e escolha o tipo de gráfico que melhor representa seus dados, como um gráfico de linha ou gráfico de barras.

3. Adicione seus dados secundários: Clique com o botão direito do mouse no gráfico e selecione "Selecionar dados". Clique em "Adicionar" para adicionar seu conjunto secundário de dados ao gráfico.

4. Formate seus dados secundários: Depois de adicionar seus dados secundários, clique na série no gráfico para selecioná -los. Em seguida, vá para a guia "Formato" e escolha as opções da série ". Aqui, você pode selecionar "eixo secundário" para adicionar um eixo y secundário ao gráfico.

5. Ajuste as opções do eixo: Depois que o eixo secundário for adicionado, você pode personalizá-lo clicando com o botão direito do mouse no eixo y secundário e selecionando "eixo de formato". Aqui, você pode modificar a escala, o formato numérico e outras opções para melhor representar seus dados.

6. Finalize seu gráfico: Depois de adicionar e formatar o eixo y secundário, faça quaisquer outros ajustes necessários no gráfico, como adicionar um título, etiquetas e uma legenda para representar claramente os dois conjuntos de dados.


Personalizando o gráfico


Ao criar um gráfico com dois eixos Y no Excel, é importante personalizar o gráfico para garantir que ele comunique efetivamente os dados. Dois aspectos principais da personalização do gráfico incluem a formatação dos eixos e as séries de dados, além de adicionar títulos, etiquetas e outras informações relevantes.

A. Como formatar os eixos e séries de dados no gráfico
  • Formatando os eixos:


    Para formatar os eixos no gráfico, clique com o botão direito do mouse no eixo e selecione "Eixo de formato". Aqui, você pode personalizar a escala do eixo, o formato de número e outras opções para melhor representar os dados.
  • Formatando a série de dados:


    Para formatar a série de dados, clique com o botão direito do mouse na série de dados no gráfico e selecione "Format Data Series". Isso permite ajustar a cor de preenchimento, o estilo de linha, as opções de marcadores e outros elementos visuais para diferenciar os dois eixos Y.

B. Adicionando títulos, etiquetas e outras informações relevantes ao gráfico
  • Adicionando títulos:


    Para adicionar um título ao gráfico, selecione "Título do gráfico" e escolha onde deseja que o título apareça (por exemplo, acima do gráfico ou centralizado). Você também pode adicionar títulos ao eixo x e eixos Y para mais clareza.
  • Rótulos e outras informações:


    Adicionar rótulos aos pontos de dados, etiquetas de eixo e uma lenda pode ajudar a esclarecer as informações que estão sendo apresentadas. Isso pode ser feito clicando com o botão direito do mouse no respectivo elemento e escolhendo "Adicionar rótulos de dados" ou "Adicionar rótulo do eixo".


Usando o gráfico para análise


Ao criar um gráfico com dois eixos Y no Excel, é importante entender como interpretar as informações exibidas no gráfico e utilizá-las para tomar decisões orientadas a dados. Aqui estão alguns pontos -chave a serem considerados:

A. Como interpretar as informações exibidas no gráfico
  • Compreendendo a relação entre os dois conjuntos de dados:


    Ao usar um gráfico com dois eixos Y, é essencial analisar a relação entre os dois conjuntos de dados. Procure quaisquer padrões, correlações ou discrepâncias que possam estar presentes.
  • Comparando tendências e magnitudes:


    Com dois eixos Y, você pode comparar as tendências e magnitudes de duas variáveis ​​diferentes de maneira mais eficaz. Preste atenção em como as mudanças em uma variável afetam a outra e vice -versa.
  • Identificando valores extremos e anomalias:


    O gráfico pode ajudar a identificar quaisquer outliers ou anomalias que possam estar presentes nos dados. Isso pode fornecer informações valiosas sobre possíveis áreas para uma investigação mais aprofundada.

B. Utilizando o gráfico para tomar decisões orientadas a dados
  • Identificando correlações e padrões:


    O gráfico pode ajudar na identificação de correlações e padrões que podem não ser imediatamente aparentes nos dados brutos. Isso pode ajudar a tomar decisões informadas com base nas relações entre as variáveis.
  • Previsão e previsão:


    Ao analisar o gráfico, pode ser possível fazer previsões ou previsões sobre tendências ou resultados futuros. Isso pode ser valioso para planejar e criar estratégias com base nos dados.
  • Comunicação de informações:


    O gráfico pode ser uma ferramenta poderosa para comunicação, permitindo que você transmita visualmente insights e descobertas para outras pessoas. Isso pode ajudar a obter adesão e suporte para decisões orientadas a dados.


Conclusão


Criar um gráfico com dois eixos y no Excel é importante para visualizar e comparar com precisão os conjuntos de dados que possuem diferentes unidades de medição. Ele permite uma representação clara e concisa de relacionamentos e tendências que podem não ser aparentes com um único gráfico do eixo y.

Eu encorajo todos os leitores a prática e explorar mais adiante com o gráfico no Excel. Quanto mais familiar você se tornar com os vários recursos e opções do Excel, mais poderosa uma ferramenta se tornará para suas necessidades de análise e visualização de dados.

Excel Dashboard

ONLY $99
ULTIMATE EXCEL DASHBOARDS BUNDLE

    Immediate Download

    MAC & PC Compatible

    Free Email Support

Related aticles