Introdução às dicas para projetar um painel eficaz

Dashboards são uma parte essencial da estratégia de inteligência de negócios de qualquer empresa. Eles fornecem informações baseadas em dados que podem ajudar as organizações a tomar decisões baseadas em fatos e detectar tendências rapidamente. Para criar um painel poderoso e eficaz para sua organização, há algumas dicas importantes a serem lembradas.

Esteja você criando um painel do zero ou modificando um existente, essas dicas podem ajudá-lo a criar um painel eficaz que fornecerá insights significativos para ajudar a informar as decisões de sua equipe.

1. Conheça seu público

O primeiro passo para criar um painel eficaz é considerar quem o usará. Diferentes partes interessadas terão necessidades diferentes, por isso é importante entender seus requisitos e garantir que o painel os atenda. Também ajuda a pensar em como os usuários irão interagir com o painel. Por exemplo, eles vão usá-lo para explorar dados e descobrir insights, ou vão escanear rapidamente uma visão resumida? Essencialmente, você precisa projetar o painel para atender às necessidades do usuário e, ao mesmo tempo, fornecer as informações necessárias.


Entendendo qual funcionalidade um painel deve ter

Ao projetar um painel eficaz, é importante entender que tipo de funcionalidade e componentes ele deve incluir. Ao considerar cuidadosamente o objetivo do painel e a experiência do usuário, o tipo de dados necessários, os métodos de interação do usuário e as visualizações, o painel pode ser configurado para atender às necessidades dos usuários e fornecer uma ferramenta valiosa para monitorar, navegar e analisar dados .

Identifique o objetivo principal e a experiência do usuário

A primeira etapa na criação de um painel é identificar o objetivo principal do painel e como os usuários irão interagir com ele. Diferentes componentes do painel podem ser usados ​​para destacar os principais indicadores de desempenho, mostrar métricas relevantes ou fornecer análise avançada de dados. Portanto, é importante entender como o painel será usado, que tipo de dados ficará visível e como o usuário irá navegar pelo painel.

Considere o tipo de dados necessários e a exibição desejada

O tipo de dados necessários e a exibição desejada devem ser determinados com base nas necessidades do usuário. Se for necessário incluir vários tipos de dados, como dados numéricos ou categóricos, é importante selecionar as visualizações apropriadas para exibir os dados com eficiência. Por exemplo, os gráficos de barras são uma maneira eficaz de comparar dados numéricos, enquanto os mapas geoespaciais podem ser usados ​​para visualizar a distribuição geográfica dos dados. Além disso, as tabelas de dados podem ser usadas para exibir informações detalhadas.

Determine métodos e visualizações de interação do usuário

Métodos de interação do usuário, como detalhamento e recursos de filtragem, fornecem uma maneira fácil de navegar e analisar dados. Além disso, visualizações interativas, como gráficos de linha, podem ser usadas para fornecer uma maneira envolvente de explorar os dados. É importante considerar quais métodos de interação com o usuário e visualizações atendem melhor às necessidades do usuário. Por exemplo, se um usuário estiver procurando uma visão detalhada dos dados, os recursos de detalhamento seriam uma maneira eficaz de fornecer navegação interativa.


Selecionando as ferramentas e tecnologias certas

Ao projetar um painel, é importante selecionar as ferramentas e tecnologias certas para o trabalho. Crie um painel bem-sucedido considerando quatro critérios principais: nível de personalização necessário, custo de uso e treinamento, compatibilidade com outros sistemas e avaliações.

Determine o nível de personalização necessário

Identificar o nível de personalização que seu painel precisa é uma primeira etapa importante. Um painel personalizado pode permitir que os usuários se concentrem nos pontos de dados mais importantes para suas necessidades, criando uma experiência de navegação mais fácil.No entanto, o grau de personalização necessário não deve exceder a quantidade de tempo e recursos necessários para criar, implantar e manter o painel Reserve um tempo inicial para mapear o que é mais importante e o que é menos importante, mantendo a personalização e os recursos disponíveis em equilíbrio.

Analise o custo de uso e treinamento

Ao escolher as ferramentas e tecnologias certas, observe o custo associado ao uso e manutenção do painel. Isso inclui o custo inicial de construção do painel, bem como os custos associados ao uso e manutenção do painel ao longo de sua vida útil. Além disso, considere o custo e o tempo associados ao treinamento de usuários para os recursos específicos do painel e onde o painel pode ser usado. O custo é um fator importante na seleção das ferramentas e tecnologias certas.

Considere a compatibilidade com outros sistemas

É importante garantir que as ferramentas e tecnologias escolhidas sejam compatíveis com outros sistemas. Pergunte a si mesmo se o painel usará dados de várias fontes, como bancos de dados, APIs ou outros sistemas. Em caso afirmativo, considere se as ferramentas e tecnologias são compatíveis com essas fontes e se podem vincular diferentes fontes de dados. Esteja atento aos outros sistemas que você pode usar no futuro e verifique se as ferramentas e tecnologias são capazes de acomodá-los.

Revisões de pesquisa

Finalmente, antes de selecionar as ferramentas e tecnologias certas, certifique-se de pesquisar as análises desses produtos. Uma revisão pode fornecer informações detalhadas sobre os recursos da ferramenta, bem como quaisquer problemas encontrados ao usá-la. Faça uma pesquisa para descobrir o que os outros estão dizendo sobre o produto e certifique-se de que ele é perfeito para as necessidades do seu painel.


Criando o Layout Certo

O layout de um painel não deve ser apenas uma mistura de dados de origem, widgets e visualizações. Deve ser bem pensado e objetivo para garantir que o usuário possa compreender os dados com rapidez e precisão. Aqui estão algumas dicas para criar o layout certo para um painel eficaz.

Criar um Layout Simples e Eficaz

Simplicidade é a chave ao projetar um layout de painel eficaz. Muita complexidade e excesso de informações podem sobrecarregar o usuário e prejudicar as informações significativas. Um layout simples deve incluir apenas os dados mais importantes e deve guiar o usuário intuitivamente da informação à ação. Deve-se considerar cuidadosamente a escolha dos widgets, visualizações e elementos de texto corretos para fornecer ao usuário uma experiência escaneável e fácil de entender.

Dê um propósito ao painel

Antes de projetar o layout do painel, a finalidade do painel deve ser determinada. O painel destina-se a informar, analisar, comparar ou relatar? Conhecer a finalidade do painel pode ajudar a determinar o tipo, a ordem e a estrutura dos elementos incluídos no painel.

Use visuais e exibições de dados apropriados

Incluir os recursos visuais e exibições de dados corretos pode ajudar o usuário a interpretar os dados com mais eficiência. Os recursos visuais devem ser cuidadosamente escolhidos e colocados em uma ordem apropriada para garantir que o usuário possa digitalizar e compreender os dados rapidamente. Os dados também devem ser formatados de forma clara e apresentados no contexto apropriado para garantir que o usuário possa interpretar as informações com precisão.

Teste o painel com usuários

Depois de projetado, o painel deve ser testado com os usuários para garantir que está atendendo ao seu objetivo. O teste do usuário deve ser realizado para obter feedback sobre a usabilidade do painel e identificar possíveis problemas. Esse feedback pode ser usado para fazer ajustes no painel antes que a versão final seja lançada.


Definindo Parâmetros e Conexões com Fontes de Dados

Projetar um painel eficaz requer uma reflexão cuidadosa sobre os dados a serem rastreados, fórmulas a serem usadas e preferências de segurança e privacidade Nesta seção, discutiremos dicas práticas sobre como obter o máximo de seu painel, definindo parâmetros e conectando-se a fontes de dados .

Decida quais dados rastrear

Ao decidir quais dados rastrear no painel, considere como isso ajudará a informar o processo de tomada de decisão ao revisar os dados. O que as partes interessadas precisam saber e como os dados podem ser organizados para tornar essas informações prontamente acessíveis? Esse processo deve incluir a compreensão do público esperado e seus objetivos e a criação do painel com esses objetivos em mente.

Criar fórmulas e pesquisas

O uso de fórmulas no painel ajuda a criar conteúdo dinâmico ao resumir dados detalhados em relatórios visuais facilmente digeríveis. Para garantir a máxima precisão, um processo de revisão deve ser realizado antes da publicação do painel. Depois de inseridas no painel, fórmulas como soma, mínimo e máximo devem ser usadas para criar pontos de dados somando campos, identificando os valores mais baixos ou mais altos, etc.

Automatize a coleta de dados e atualize os cronogramas

Para manter o painel atualizado, os dados precisam ser coletados, compilados e atualizados regularmente. Automatizar esse processo ajuda a garantir um fluxo constante de dados e reflete com precisão o estado mais atual do painel. As programações podem ser definidas para atualizações semanais ou mensais, ou as alterações nos dados podem ser monitoradas em tempo real.

Garantir a segurança e privacidade dos dados

Finalmente, ao criar seu painel, tenha em mente as questões de segurança e privacidade. O acesso ao painel deve ser restrito para evitar qualquer potencial uso não autorizado ou manipulação de dados. A configuração de várias contas de usuário com vários níveis de privilégios pode ser útil para permitir que diferentes públicos acessem o painel com o nível de acesso apropriado.


Otimizando o desempenho

Ao projetar um painel, o que funciona para uma empresa ou organização pode não funcionar para muitas outras. Para garantir um desempenho de alto nível, há várias etapas essenciais a serem seguidas ao personalizar um painel para um público específico.

Analisar como as informações são apresentadas

Antes de otimizar um painel para melhor desempenho, é essencial avaliar a eficácia da configuração atual. Identifique quais componentes estão funcionando bem e quais componentes podem ser melhorados. Colete feedback do usuário sobre quais métricas e dados seriam mais úteis. Priorize quais elementos são mais importantes para o painel, para que esses componentes possam ser melhor otimizados.

Identificar áreas para melhoria potencial

Uma vez identificado o que pode ser otimizado, é hora de iniciar o processo de implementação. Procure maneiras de tornar o painel mais fácil de usar e mais relevante para seu público principal. Isso inclui adicionar mais elementos gráficos, ajustar o tamanho da tela, introduzir mais controles na tela e incluir mais textos explicativos.

Simplifique e refine para um melhor desempenho

Simplificar e refinar os elementos de um painel pode ajudar muito a melhorar o desempenho. Foco na apresentação de dados e métricas, garantindo que as informações sejam claras e concisas. Use codificação por cores, filtragem e classificação para facilitar o acesso dos usuários às informações de que precisam. Use tabelas e gráficos para apresentar os dados de maneira envolvente, para que os espectadores prestem mais atenção às informações.

O objetivo de um dashboard é facilitar o acesso aos dados de maior impacto, ao mesmo tempo que fornece informação suficiente para permitir uma tomada de decisão mais informada. Ao reservar um tempo para analisar, identificar e simplificar um painel, você pode garantir que o desempenho seja otimizado para seu público específico.


Conclusão

Um painel bem projetado pode ser uma ferramenta poderosa para coletar insights e agir. Existem vários princípios que podem ser usados ​​para projetar e criar um painel eficaz.

Recapitule os pontos-chave

Em primeiro lugar, é importante planear cuidadosamente o seu dashboard de forma a garantir que apresenta apenas a informação necessária e relevante para o cumprimento dos objetivos. Em segundo lugar, é importante escolher visuais que sejam informativos e agradáveis ​​de se ver – como o uso de cores, ícones e elementos de design para representar os dados. Em terceiro lugar, é importante considerar o layout dos dados e o fluxo geral do painel. Por fim, é importante levar em consideração a experiência do usuário e garantir que o painel seja o mais amigável possível.

Resuma os princípios orientadores para um design de painel eficaz

  • Planeje seu painel cuidadosamente.
  • Escolha visuais informativos e visualmente atraentes.
  • Considere o layout dos dados e o fluxo geral.
  • Leve em consideração a experiência do usuário.

Ao seguir esses princípios orientadores, você pode criar um painel que seja informativo e útil para o usuário ou visualizadores pretendidos.

Expert-built dashboard templates

100+ Dashboard templates

.